Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Vila Soma, em Sumaré, recebe apoio da CPFL Paulista e ganha regularização gratuita de energia para mais de 2,7 mil famílias

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   01/03/2021

Distribuidora investirá mais de R$ 12 milhões na instalação da rede nas 32 ruas do bairro de 1 milhão de m², doação padrões de entrada e substituição de mais de 11 mil lâmpadas de tecnologia LED

Sumaré, 2 de março de 2020. A CPFL Paulista investirá mais de R$ 12 milhões na regularização gratuita de ligações clandestinas de energia para 2.784 famílias que vivem na Vila Soma, em Sumaré, sendo R$6,9 milhões em ações de Eficiência Energética e R$ 5,2 milhões em obras no local. O bairro, que ocupa uma área de 1 milhão de m², terá a instalação de rede de distribuição em suas 32 ruas. Isso beneficiará uma população de cerca de 10 mil pessoas que vivem atualmente no local – ocupado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) – e outros 70 estabelecimentos comerciais, na região central da cidade. 

Essa será a maior ação de regularização de ligações clandestinas já realizada pelo grupo CPFL Energia, que atende 9,8 milhões de clientes em 687 cidades nos estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Além de implementar a rede de distribuição do local, por meio do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a companhia doará os padrões de entradas aos clientes e ainda realizará outras ações como a substituição de 11.136 lâmpadas convencionais por tecnologia LED, mais econômicas e duradouras.

“Mesmo neste período de pandemia, continuamos os trabalhos junto à Vila Soma, pois acreditamos que esse é um projeto de extrema relevância para a cidade de Sumaré e que trará grandes benefícios para a comunidade. A iniciativa só foi possível graças à soma de esforços realizados pela empresa, em parceria com os órgãos públicos e lideranças comunitárias”, diz Roberto Sartori, presidente da CPFL Paulista. O projeto terá início ainda em fevereiro de 2021 e a previsão de finalização é o segundo semestre.

Números da obra: 

. Postes: 526 unidades
. Rede Primária (média tensão): 8 km
. Rede secundária (baixa tensão): 18km
. Transformadores: 62 unidades
. Substituição de 11.136 lâmpadas convencionais por tecnologia LED
. Instalação de rede de distribuição em suas 32 ruas

Ação social. Além da gratuidade nos padrões de entrada de energia, a CPFL Paulista fará um acompanhamento para que todos os moradores da Vila Soma, que atendam aos critérios, sejam cadastrados junto à Tarifa Social. O benefício, oferecido a famílias de baixa renda, é aplicado de forma cumulativa para faixas de consumo que vão de 0 kWh a 220 kWh. A tarifa terá um desconto de 65% para os primeiros 30 kWh consumidos no mês. Para o consumo de 31 a 100 kWh/mês, o desconto será de 40%. Finalmente, a parcela de consumo entre 101 e 220 kWh no mês terá 10% de desconto. Isso significa que, se o beneficiário da Tarifa Social tem um consumo mensal de 50 kWh, ele receberá um desconto de 65% sobre os primeiros 30 kWh e de 40% sobre os outros 20 kWh.

Nos primeiros seis meses após a regularização do sistema de energia elétrica, todos os clientes do local serão tarifados apenas até o limite de 100 kWh. Os moradores que excederam esse valor não serão cobrados durante esse período de transição, para que se adaptem ao novo sistema de fornecimento de energia. 

“Além de trazer mais segurança para toda a população com a eliminação das ligações clandestinas, esse investimento proporcionará mudanças importantes nos hábitos de consumo de energia dos moradores da Vila Soma. Também vamos oferecer acompanhamento nos primeiros seis meses, orientando sobre a nova realidade de consumo das famílias beneficiadas”, afirma Felipe Henrique Zaia, gerente de Eficiência Energética do Grupo CPFL.

Combate aos “gatos”. Em 2020, a CPFL Paulista superou o número de fraudes e furtos de energia (“gatos”) encontrados em 2019 em Sumaré. No ano passado, a companhia detectou 756 ocorrências na cidade, 32,8% a mais que as 596 encontradas no ano anterior. Já em relação à recuperação de energia, o valor mais que triplicou. Foram 4,2 GWh em 2019 contra 11,6 GWh recuperados em 2020. Com essa energia seria possível abastecer 78 mil residências durante um mês.  

Clientes da CPFL Paulista podem contribuir para o combate às irregularidades por meio dos canais disponibilizados pela concessionária. Denúncias podem ser realizadas pelo aplicativo “CPFL Energia”, disponível para todas as plataformas de dispositivos móveis, pelo site www.cpfl.com.br/fraude, ou pelo e-mail [email protected]

Fraudes e furtos de energia são crimes previstos no Código Penal com penas que podem chegar a até quatro anos de prisão. Além disso, a pessoa que for flagrada cometendo a irregularidade terá cobrados os valores retroativos referentes ao período em que deixou de pagar pelo fornecimento.

As irregularidades também podem deixar a conta de luz mais cara para todos os consumidores, já que a ANEEL reconhece a ação como uma "perda comercial", e este valor é revertido à empresa. Outra consequência das fraudes e furtos é a piora na qualidade do serviço de distribuição de energia, uma vez que as ligações clandestinas sobrecarregam as redes elétricas.

Segurança da população. Por meio da campanha Guardião da Vida, a CPFL Paulista prioriza a segurança com a população e traz dicas de conscientização constantemente para evitar acidentes com a rede elétrica. Entre os assuntos, estão os perigos das ligações clandestinas e de brincadeiras com pipas próximo às subestações e às redes elétricas. A CPFL reforça que as pessoas nunca busquem as pipas caídas em locais com equipamentos de energia, que podem causar acidentes e até morte. Confira essa e outras dicas em: https://guardiaodavida.com.br/.​

Tags:
    CPFL Paulista; Programa de Eficiência Energética; Vila Soma; Sumaré;