Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Sessão Debate do filme “Deslembro”, com a presença da diretora Flávia Castro, é destaque da semana no Instituto CPFL

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   25/08/2019

A Sessão Debate do filme “Deslembro” (Brasil/França/Catar, 2018, 96 min, 14 anos), com a presença da diretora Flavia Castro, nesta quarta-feira, 28/08, às 19h, é o destaque da programação da semana no Instituto CPFL, em Campinas (SP). A entrada é gratuita.

Parte da Mostra Cinema e Reflexão do Cine CPFL, o filme conta a história de uma adolescente que teve o pai refém como prisioneiro político durante os anos de ditadura militar no Brasil. Tendo sido decretada a Lei da Anistia, a menina agora está, a contragosto, de volta a sua cidade natal, o Rio de Janeiro, um lugar que já não reconhece. (Confira o trailer: https://youtu.be/iop_RXCKjmk).

O drama volta a ser exibido na quinta-feira, 29/08, também às 19h.

Sessão especial. Na terça-feira, 27/08, às 19h, o Cine CPFL exibe o documentário “O começo da vida”. Dirigido por Estela Renner, o documentário inspira o modelo de agosto do Café Filosófico CPFL, que tem a curadoria do Instituto Alana e da Maria Farinha Filmes. O filme é um convite a refletir sobre como estamos cuidando dos primeiros anos da vida, os anos que definem tanto o presente quanto o futuro da humanidade.

Passando pelos quatro cantos do mundo, o documentário faz uma análise aprofundada e um retrato apaixonado dos primeiros mil dias de um recém-nascido, tempo considerado crucial pós-nascimento para o desenvolvimento saudável da criança, tanto na infância quanto na vida adulta. (Confira o trailer https://youtu.be/NfCD35iC3xU​)

As exibições têm entrada gratuita na Sala Umuarama, no Instituto CPFL.

Café Filosófico CPFL. Já na sexta-feira, 30/08, às 19h, a médica Vera Cordeiro fala sobre “A infância doente: saúde como inclusão social” no último encontro de agosto do Café Filosófico CPFL.

Ela vai falar sobre como o tratamento de crianças na primeira infância em cenários envolve o tratamento da família inteira, em várias áreas: saúde, educação, moradia, cidadania e renda se pretendíamos melhorar a saúde das mesmas.

A gravação do encontro, parte da série “O Começo da Vida”, tem entrada gratuita no Instituto CPFL, em Campinas, e transmissão ao vivo nas redes sociais (confira os endereços abaixo).

Exposição. E o público que comparecer aos eventos da semana pode aproveitar e conferir a exposição “Tinta Sobre Tinta: acervo do MAM no Instituto CPFL” na Galeria de Arte do Instituto CPFL. A mostra é resultado de uma parceria com o Museu de Arte Moderna de São Paulo e apresenta ao público uma seleção de 35 pinturas, incluindo criações de artistas como Flávio de Carvalho, Iberê Camargo, Leda Catunda, Paulo Pasta e Tomie Ohtake.

Com entrada gratuita, a exposição, que fica em cartaz até 30/11, conta com peças que evidenciam a herança da pintura impressionista no Brasil.

“O impressionismo inovou tecnicamente ao fazer uma obra final apenas com a primeira camada de esboço pintado; na tradição acadêmica, esse primeiro esboço era feito com a tinta pouco diluída e sem suavização do encontro entre os matizes cromáticos, algo que os impressionistas apresentavam como obra final. Tal herança foi elaborada pela pintura ao longo do último século como sinal de modernidade”, explica o curador do MAM São Paulo, Felipe Chaimovich.

A exposição conta com visitas educativas mediadas por educadores que estarão no local para atender ao público. O agendamento de visitas em grupo pode ser feito por e-mail monitoriainstitutocpfl@gmail.com ou pelo telefone (19-3756-8000).

Tags:
    Sessão Debate; Instituto CPFL; Deslembro; Sessão especial; Café Filosófico CPFL; Exposição;