Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Semana no Instituto CPFL tem concerto, cinema e debate sobre espiritualidade

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   12/05/2019

A exibição do filme “O Mau Exemplo de Cameron Post” (EUA, 2018, 91 min, 14 ano), filme vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Sundance, abre a programação da semana no Instituto CPFL, em Campinas, nesta quarta-feira, 15/05, às 19h. A entrada é gratuita.

Baseado no livro homônimo de Emily M. Danforth e dirigido por Desiree Akhavan, o filme é estrelado por Chloë Grace Moretz e acompanha a trajetória de uma adolescente enviada para um centro de “cura gay” depois de ser pega beijando outra garota.

Vivendo com uma tia conservadora desde a morte de seus pais, a menina passa a sentir dúvidas sobre sua identidade, e acaba se submetendo a uma terapia que supostamente a transformará numa adolescente heterossexual. Porém, é só quando está na clínica que ela vai descobrir mais sobre si mesma. (Confira o trailer https://bit.ly/2PsQe8Y).

Já na quinta-feira, 16/05, também às 19h, o Cine CPFL promove uma nova sessão do filme “Albatroz” (Brasil, 2019, 93 min, 14 anos), de Daniel Augusto.

Com Alexandre Nero, Andréa Beltrão, Maria Flor, Camila Morgado e Andreia Horta, o filme conta a história de um fotógrafo casado com uma compositora de jingles publicitários que se apaixona por uma atriz judia, com quem viaja a Jerusalém. Lá ele acaba registrando um atentado terrorista, o que lhe torna mundialmente famoso. (confira o trailer https://youtu.be/wQGoNZh3m8s).

O filme é um projeto de Bráulio Mantovani, roteirista de “Cidade de Deus” e de “Tropa de Elite”.

Os filmes integram a Mostra Cinema e Reflexão do Cine CPFL, e tem a curadoria de Francisco Cesar Filho e Jurandir Muller.

Café Filosófico CPFL. Na sexta-feira, 17/05, acontece a gravação do Café Filosófico CPFL sobe “Espiritualidade inconsistente: Deus como mercadoria”, com o teólogo Ed René Kivitz.

O encontro é parte do módulo “O mundo contemporâneo repleto de adultos infantis”, que tem a curadoria do filósofo Luiz Felipe Pondé. 

Segundo ele, o constituído mercado religioso implica na formação de um clero capaz de dominar as ferramentas de marketing, branding e de mídias. O encontro pretende questionar a consistência dessa forma de espiritualidade “comoditizada”.

Música Contemporânea. Já no sábado, 18/05, às 20h, os músicos Daniel Murray (violão), Adriana Holtz (violoncelo) e Caíto Marcondes (percussão) fazem uma viagem inclusiva pela música paulistana no programa Música Contemporânea. 

O espetáculo é um convite aos ouvintes para uma viagem através do repertório de compositores paulistanos, ou que desenvolveram uma relação afetiva com a cidade, como Camargo Guarnieri, Chico Bororó e Paulo Porto Alegre.

A junção de elementos do erudito e do popular demonstra a multiplicidade sonora dos ritmos afro-brasileiros e europeus. A vida simples no campo se encontra com os ruídos das grandes cidades por meio dos arranjos para cordas e percussão proposto pelo trio.

O concerto acontece na sala Umuarama do Instituto CPFL, em Campinas, com entrada gratuita. 

Os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência.

Exposição. De segunda a sábado, o público pode conferir também a exposição "Figura e modernidade: Rodin no acervo da Pinacoteca de São Paulo", que reúne na Galeria de Arte do Instituto CPFL, em Campinas, a coleção completa do artista francês na Pinacoteca.

O conjunto de 10 esculturas originais e 76 fotografias documentais da vida do artista fica exposto gratuitamente ao público até 29 de junho. 

A exposição tem a curadoria de Valéria Piccoli, curadora-chefe do museu e conta com recursos educativos desenvolvidos pelo NAE – Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca, para uso autônomo, que estimulam a participação do público de todas as idades, criando novas relações com as obras.

A exposição conta também com visitas educativas mediadas por educadores que estarão no local para atender ao público. As visitas são realizadas em grupos de até 45 pessoas. O agendamento de visitas ainda pode ser feito por e-mail monitoriainstitutocpfl@gmail.com​ ou pelo telefone (19-3756-8000).

O horário de funcionamento é, de segunda e terça, das 9h às 18h, de quarta a sexta, das 9h às 19h, e aos sábados, das 10h às 16h. A entrada é gratuita.


Tags:
    Instituto CPFL; Café Filosófico CPFL; Cine CPFL; Ed René Kivitz; Exposição; Música Contemporânea;