Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Paulista entrega obra de R$ 7,2 milhões em Nova Odessa​

Escrito por:

Assessoria de imprensa   17/05/2016

​Ampliação de mais de 80% na capacidade instalada de uma subestação prepara a cidade para o crescimento nos próximos dez anos

Nova Odessa, 18 de maio de 2016 – A CPFL Paulista, a maior das oito distribuidoras de energia elétrica do grupo CPFL Energia, inaugura hoje as obras de expansão de uma das principais subestações no município de Nova Odessa. O investimento total foi de mais de R$ 6 milhões na Subestação e outros R$ 1,2 milhão na rede elétrica local . Os recursos foram aplicados na instalação de um segundo transformador de 20 MVA com quatro circuitos de alimentadores, o que aumentou em 80% a capacidade instalada da subestação. 

"O investimento nesta ampliação comprova o nosso compromisso em apoiar o desenvolvimento da economia de Nova Odessa e reforça a missão da empresa de prover soluções energéticas sustentáveis, com excelência e competitividade, atuando junto com a comunidade", afirma Carlos Zamboni Neto, presidente da CPFL Paulista. 

Com a nova configuração, a rede elétrica de Nova Odessa fica preparada para suportar um crescimento de demanda por energia na ordem de 2,5% ao ano no local, o que é suficiente para receber o crescimento da região nos próximos dez anos. A expansão da subestação vai beneficiar diretamente 19 mil clientes do município.

. A maior capacidade permite distribuir melhor a carga de energia na região, tornando o sistema mais flexível para a operação. Isso resulta em aumento na qualidade e na continuidade do fornecimento de energia.

Uma subestação é parte essencial do conjunto elétrico da rede de distribuição de energia. A energia gerada nas grandes usinas e direcionada para os sistemas de transmissão, os linhões, chega até as cidades em tensão muito alta para ser utilizada pelos clientes. O papel de uma subestação é baixar o nível de tensão para que a energia possa correr até os transformadores, dando a possibilidade de ela ser usada pelos nas residências, comércios e indústrias. 

Atualmente, a cidade de Nova Odessa possui duas subestações e atende a 25 mil clientes ativos. O investimento na ampliação da subestação soma-se a mais R$ 1 milhão aplicados em melhoramento, manutenção e suporte ao crescimento de clientes no município, nos três primeiros meses de 2016. 

 

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 103 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização, serviços e telecomunicações. É líder no mercado de distribuição, com 13% de participação, totalizando mais de 7,5 milhões de clientes nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.

Na comercialização, é um dos líderes no mercado livre, com uma participação de mercado de 14% na venda para consumidores finais entre as comercializadoras. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres.

Na geração, é o terceiro maior agente privado do país, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis. A CPFL Geração conta com 2.248 MW de potência instalada, considerando sua participação equivalente em cada um dos ativos de geração. Em 2011 criou a CPFL Renováveis, com ativos como PCHs, parques eólicos, termelétricas a biomassa e a usina solar Tanquinho, pioneira no Estado de São Paulo, e uma das maiores do Brasil. Adicionando a participação equivalente na CPFL Renováveis, a capacidade instalada total do Grupo CPFL atingiu 3.127 MW no final do terceiro trimestre de 2015. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os 15 maiores investidores brasileiros.

A CPFL Energia tem ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets e do Morgan Stanley Capital International Global Sustainability Index (MSCI). Pelo 11º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa.

Tags: