Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Projeto de eficiência energética da CPFL Paulista beneficia Hospital de Clínicas da USP em Ribeirão Preto

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   27/04/2020

​Investimento de quase R$1,5 milhão na automação da central de ar condicionado vai gerar economia de energia de 36%, além da redução de gastos com manutenção

Ribeirão Preto, 28 de abril de 2020. A CPFL Paulista vai investir R$1,5 milhão no projeto de Eficiência Energética para automação do sistema de água gelada, que abastece a central de ar condicionado do Hospital de Clínicas da USP de Ribeirão Preto. Com previsão de entrega para dezembro deste ano, o projeto faz parte do Programa CPFL nos Hospitais que vem destinando recursos para a realização de projetos em três anos, desde 2019.

“Assim como o Hospital de Clínicas da USP, estão aptos a participar da ação as instituições públicas e filantrópicas de saúde situadas nas cidades das áreas de concessão das nossas distribuidoras”, afirma Felipe Henrique Zaia, gerente de Eficiência Energética da CPFL.

A economia de energia para o hospital com a automação do equipamento será 36%, em torno de 1.507 MWH/ano, que representa o consumo de 627 residências. Além de otimizar o uso dos equipamentos, o investimento - que tem parceria com a startup Microblau, uma das 24 participantes do programa CPFL INOVA, voltado para o desenvolvimento de soluções inovadoras para o setor elétrico - vai garantir uma maior vida útil, menos tempo gasto para resolução de falhas e ainda custo de manutenção reduzido. 

O meio ambiente também será beneficiado com o projeto, já que 113 toneladas de CO2 deixarão de ser lançados na atmosfera anualmente, o que representa o plantio de 679 novas árvores. Além de impactar a cidade de Ribeirão Preto, a iniciativa abrange também as cidades próximas ao município, já que o hospital também recebe pacientes de outras localidades.

“Vamos utilizar todo nosso conhecimento para aplicar a tecnologia no sistema de refrigeração do hospital, o que vai gerar menos consumo de energia e mais segurança para todo o sistema”, afirmou Tiago Falcão, diretor comercial da Microblau. 

A startup irá instalar um software de automação de controle com acionamento dos equipamentos e válvulas, garantindo uma distribuição adequada dos equipamentos. O software estará integrado a uma plataforma online de gestão inteligente que possibilita configurações de controle, monitoramento do sistema, gestão de chamados e equipamentos, direcionamento das equipes de operação e de gestão aos pontos críticos do sistema.

Uma das principais funções da tecnologia é a configuração para que o sistema opere sempre no ponto ideal de performance e, em caso de qualquer alteração, acione as equipes. 

A central de abastecimento de água pode representar até 50% do consumo de todo o prédio, por isso, a importância do investimento para a gestão do hospital. Segundo pesquisa do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), a climatização dos ambientes representa, em média, 30% do consumo de energia dos hospitais e clínicas. 

CPFL nos Hospitais. O programa conta com três frentes de trabalho: ações de eficiência energética, investimento na melhoria dos hospitais e um programa de doação em conta de energia para hospitais. O primeiro pilar de eficiência energética conta com investimento de até R$ 150 milhões nas quatro distribuidoras do Grupo CPFL - CPFL Paulista, CPFL Piratininga, CPFL Santa Cruz e RGE - e atenderá até 200 hospitais. Foram mapeados cerca de 99 deles, nos quais serão instaladas usinas fotovoltaicas e substituídas lâmpadas com tecnologia obsoleta por modelos mais eficientes, de LED. Ao final do Programa é esperado que os hospitais economizem aproximadamente R$ 18 milhões por ano em suas contas de energia.

O segundo pilar desse Programa dará continuidade a uma iniciativa conduzida pelo Instituto CPFL. Por meio do PRONON (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica) e dos Conselhos Municipais do Idoso (CMI), o Instituto CPFL vem investindo na melhoria nas condições dos hospitais. O objetivo desse pilar é ampliar a oferta de serviços e expandir a prestação de serviços médico-assistenciais, apoiar a formação, o treinamento e o aperfeiçoamento de recursos humanos em todos os níveis, e realizar pesquisas clínicas, epidemiológicas, experimentais e socioantropológicas.

Desde 2018, estão em andamento investimentos que somam R$ 4,8 milhões e incluem melhorias nos hospitais do Instituto do Câncer (Fortaleza - CE), Hospital Fornecedores Cana Piracicaba (SP), Hospital Infantil Varela Santiago (Natal - RN), Hospital de Caxias do Sul (RS), Hospital do Câncer de Barretos (SP) e Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi de Veranópolis (RS).

O terceiro pilar do Programa CPFL nos Hospitais permite aos clientes realizar doações para os hospitais por meio da conta de energia. Isso aumenta a arrecadação dos hospitais e Santas Casas, permitindo investimentos na melhoria das condições de atendimento. A CPFL Total – empresa do Grupo CPFL Energia – oferece esse serviço para 94 hospitais nos estados do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Essa iniciativa de doação arrecada, em média, R$ 3,7 milhões por ano, recursos que auxiliam a gestão diária dos hospitais participantes. O objetivo é expandir essa iniciativa em 2020.

Tags:
    CPFL Paulista; CPFL nos Hospitais; Ribeirão Preto; USP