Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Projeto de Cadeia Produtiva de Reciclagem da CPFL Renováveis leva oportunidades para portadores de deficiência de João Câmara, no Rio Grande do Norte 

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   09/06/2021

O objetivo da ação é levar educação, saúde e inclusão social aos portadores de deficiência da cidade

Rio Grande do Norte, 10 de junho de 2021 - Quanto custa dar oportunidade para uma pessoa crescer? Mudar a vida de alguém é algo que está ao meu alcance? Para as duas perguntas, a resposta pode estar indo parar no lixo de nossas casas: Óleo de cozinha usado ou garrafas PET.

Realizado desde 2016, o projeto Cadeia Produtiva da Reciclagem tem parceria da Associação Camarense de Apoio aos Portadores de Deficiências (Acapord), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RN) e da CPFL Renováveis, que é responsável pelos Complexos Eólicos Campos dos Ventos, Morro dos Ventos e Macacos, em João Câmara. Entre os objetivos está o de promover a inserção social e geração de trabalho e renda aos mais de 30 associados da Acapord no município de João Câmara (RN), por meio da otimização da produção de derivados da reciclagem de garrafas PET e óleo de cozinha usado. 

“Fazemos parte de um dos maiores grupos de energia do País e nossas atividades incluem contribuir para o aumento positivo dos impactos sociais, ambientais e econômicos nas comunidades vizinhas às áreas de projeto e operação da companhia. Ao promover o apoio à estruturação de cadeias produtivas, contribuímos para a geração de emprego e renda, apoiando as comunidades locais como João Câmara, onde ficam os Complexos Eólicos Campos dos Ventos, Morro dos Ventos e Macacos da CPFL Renováveis”, afirma Daniel Daibert, Gerente de Meio Ambiente de Negócios de Mercado da CPFL Energia.

Doações. Você pode fazer parte desta história: Doe garrafas PET e óleo de cozinha usado para a Acapord. O trabalho da associação é transformar esses produtos em itens ecológicos para geração de renda aos mais de 30 integrantes portadores de deficiência de João Câmara.

Para realizar a doação, ligue para (84) 3362-3177 e informe-se sobre o ponto de coleta mais próximo de sua residência.

“Cada vassoura ou barra de sabão vendidas pela Acapord entrega muito mais que limpeza, ele carrega o apoio às causas dos portadores de deficiência, da proteção do meio ambiente e da inclusão social produtiva”. Quando o consumidor compra um produto Acapord, ele apoia sua comunidade   em   vários   aspectos, principalmente dando autonomia a um grupo normalmente excluído do mercado de trabalho”, diz Eunici Maria Xavier Estevão, Presidente da Acapord.

Os produtos da Acapord são comercializados na cidade de João Câmara, tendo toda a região do Mato Grande como área de possível expansão das vendas.

 

O projeto. Um diagnóstico realizado inicialmente mostrou a viabilidade econômica dos produtos vassoura de PET, sabão em barras, alvejante, amaciante e desinfetante, com margens de lucro que variam entre 30% e 140%, e com mercado consumidor garantido na região. 

O projeto recebeu doação de 12 mil garrafas PET do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) – Campus São Gonçalo do Amarante e 9 mil do Espaço Cultural Ananias Caetano – Ecac Vovó Mulata, que deram um impulso de otimismo para a Acapord, já que seu principal gargalo de produção é justamente o insumo de garrafas PET.  

Parte das garrafas PET utilizadas são adquiridas dos catadores locais, gerando renda e desenvolvimento para mais uma parte da cadeia.

Tags:
    Rio Grande do Norte; CPFL Renováveis; Doações;