Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Programação do Instituto CPFL tem indicado ao Oscar, debate sobre exclusão social e concerto gratuito de piano

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   05/09/2016

Campinas, 6 de setembro de 2016 - Indicado ao Oscar de melhor filme em 2016, “A Grande Aposta”, de Adam McKay, abre a programação da semana no Instituto CPFL, em Campinas (SP), na próxima quinta-feira, 08/09, às 19h. Segundo filme da mostra “E agora, para onde vamos?” do Cine CPFL, com títulos sobre consumo consciente e economia sustentável, a comédia dramática reconstitui os eventos que levaram à crise financeira de 2008 e mostra como é preciso observar, na ponta da cadeia de acontecimentos, longe dos boletins e declarações oficiais, os indícios de uma tragédia iminente. 

O filme, que tem no elenco nomes como Steve Carell, Ryan Gosling, Christian Bale e Brad Pitt, é também uma defesa do trabalho de apuração – um trabalho de desconfiança, frieza, paciência e desconstrução de narrativas – para analisar os fatos para além do clima de bonança e normalidade. 

A entrada é gratuita.

Café Filosófico. No dia seguinte, 09/09, também às 19h, tem início a série de debates do Café Filosófico CPFL sobre “A lógica da exclusão e os desafios da ‘ecologia humana’”.

Segundo o curador, o psicólogo e doutor em psicologia clínica Cláudio Mello Wagner, em tempos de pensamento ecológico, no qual as palavras de ordem são consumo consciente, desenvolvimento sustentável e reciclagem material, é preciso refletir também a respeito de nossa ecologia social. “No mundo moderno, pautado pela ideologia produção-consumo, o contingente populacional excluído dessa equação – o chamado ‘lixo social’, composto por ‘delinquentes’, ‘doentes mentais’, ‘drogados’, ‘indigentes’, etc, com necessidades e funções sociais diversas – é hoje um dos grandes desafios à ideia de um desenvolvimento social sustentável”, afirma.

No primeiro encontro, Wagner questionará até que ponto este contingente populacional é “indesejado”. “Ao longo do desenvolvimento civilizatório, cada sociedade lidou, a seu modo e em seu tempo, com seus ‘indesejáveis’. Como estamos lidando atualmente com os ‘nossos’?.”

O encontro será aberto ao público e transmitido ao vivo no site institutocpfl.org.br/cultura/aovivo

Até o fim do mês serão abordados ainda os temas “Psicanálise nas ruas. As consequências psíquicas da exclusão social”, no dia 16/09 (com Jorge Broide, psicanalista, doutor em psicologia social e professor PUC-SP), “O Paciente Psiquiátrico e seus lugares na cena contemporânea”, em 23/09 (com Alfredo Simonetti, psiquiatra e psicanalista) e “Velhice: potência de vida ou ‘lixo social’?”, em 30/09, (com Ruth Lopes, psicóloga e doutora em Saúde Pública).

Música contemporânea. A programação em Campinas termina no sábado, 10/09, às 20h, com o concerto “Novas conexões entre presente e passado” com o pianista Rafael Nassif. Será a primeira apresentação da série “A antropofagia da música não europeia”, que tem a curadoria do jornalista e crítico musical João Marcos Coelho.

Segundo Nassif, o programa não é somente uma homenagem aos compositores, mas busca sobretudo criar conexões entre suas obras. “Por isso organizei a sequência de peças de um modo minucioso, para moldar uma forma específica: a segunda parte do programa, embora contenha obras diferentes, é concebida como uma variação (no sentido composicional) da primeira. As obras de Kreidler e Maierhof chegam ao Brasil pela primeira vez comigo através do recital.”

Mais informações sobre a programação no site http://www.institutocpfl.org.br/cultura​

Tags:
    Instituto CPFL; cultura; CPFL Energia; cinema