Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Mário Sérgio Cortella debate os desafios da curadoria em tempos de WhatsApp no Café Filosófico CPFL

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   02/05/2016


Campinas, 03 de maio de 2016O escritor e filósofo Mário Sérgio Cortella será o palestrante do Café Filosófico CPFL especial de lançamento do livro “A era da curadoria: o que importa é saber o que importa!” na próxima quarta-feira, 04/05, às 19h, no Instituto CPFL, em Campinas (SP). 

O encontro, com transmissão ao vivo no site institutocpfl.org.br/cultura/aovivo, será aberto ao público.

O livro, escrito por Cortella em parceria com o jornalista Gilberto Dimenstein, propõe uma reflexão sobre a necessidade de selecionar, num momento em que todos podem ser leitores e autores, o que tem relevância e credibilidade no meio do caos de informação da era digital. “Em que prestar atenção? O que realmente importa?”, questionam os autores. 

A obra debate ainda como a socialização e a mediação dos saberes, seja nas escolas, nas empresas ou nos meios de comunicação, são fundamentais para o empoderamento do indivíduo.

Entre as atribuições do curador em tempos de Whatsapp, afirmam os escritores, está a capacidade de relacionar a qualidade do ensino às relações interpessoais e às experiências vividas no dia a dia. De acordo com Cortella, “não temos que tirar as crianças da rua e levá-las para a escola; temos sim que levar a rua para dentro da escola, levar aquilo que elas vivenciam no cotidiano, de maneira que possamos oferecer-lhes algo que as emocione”.

Cortella é graduado pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira, com mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo sob a orientação de Moacir Gadotti. Lá também cursou o doutorado em Educação, desta vez orientado por Paulo Freire. Professor titular do Departamento de Fundamentos da Educação e da pós-graduação em Educação da PUC-SP, onde atuou por 35 anos, em 30 deles também esteve ligado ao Departamento de Teologia e Ciências da Religião. Foi secretário municipal de Educação de São Paulo (1991/1992) e membro conselheiro do Conselho Técnico-Científico da Educação Básica da Capes/MEC (2008/2010). É autor de mais de 20 livros, entre eles, “Ética e vergonha na cara!” (2014), com Clóvis de Barros Filho, e “Política para não ser idiota” (2010), com Renato Janine Ribeiro, publicados pela Papirus 7 Mares.

Mais informações em institutocpfl.org.br/cultura/

Serviço

Local: instituto cpfl cultura (rua jorge figueiredo corrêa, 1632, chácara primavera, campinas – sp);
Data: 04/05/16
Horário: 19h;
Capacidade: 180 lugares;
Cassificação etária: 14 anos;
Transmissão: online pelo http://www.institutocpfl.org.br/cultura/aovivo
Detalhes: entrada gratuita, por ordem de chegada, a partir das 18h. vagas limitadas (lotação da capacidade da sala);

Tags:
    CPFL Energia; cultura; Instituto CPFL; setor elétrico; Café Filosófico