Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Instituto CPFL transmite live com a cineasta Lúcia Murat nesta sexta, 27

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   23/11/2020

Durante transmissão pelo Facebook, cineasta falará sobre seu longa-metragem "A Memória que me Contam", filme vencedor do prêmio da crítica internacional no Festival de Moscou​


Lúcia Murat

O Instituto CPFL transmite, nesta sexta-feira (27), às 16 horas, uma live inédita com a cineasta brasileira Lúcia Murat. O bate-papo será conduzido pelo cineasta e um dos curadores da Mostra Cinema e Reflexão, Francisco Cesar Filho, e terá como temática o longa-metragem “A Memória que me Contam” (2012), filme que está em cartaz até 30/11 com acesso online e gratuito pela Looke. O filme foi vencedor do prêmio da crítica internacional no Festival de Moscou.

A ação faz parte da programação do Cine CPFL que, em razão da pandemia de coronavírus, retornou com suas atividades em formato totalmente digital. A live será transmitida pelo Facebook, nos perfis da Mostra Cinema e Reflexão e do Instituto CPFL. Assista a “A Memória que me Contam” em mostracinemaereflexao.com.br. 

Na live, Murat também vai tratar de obras de sua cinematografia, iniciada em 1984 com o documentário “Pequeno Exército Louco” (1984), sobre a luta da guerrilha na Nicarágua. Uma das marcas de sua cinematografia é a temática voltada para aspectos da ditadura militar no Brasil, abordando a repressão, a tortura e as sequelas do período.

Outros títulos por ela assinados incluem, entre outros, “Que Bom Te Ver Viva” (1989), sobre ex-presas políticas torturadas na ditadura, eleito melhor filme no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro; “Doces Poderes” (1996), laureado no Prêmio Guarani; “Brava Gente Brasileira” (2000), que retrata a relação conflituosa entre portugueses e índios no século 18, vencedor de dois prêmios Candango no Festival de Brasília; “Quase Dois Irmãos” (2004), premiado no Festival do Rio, no Prêmio APCA e nos festivais de Havana, Mar del Plata e Huelva, entre outros; “Uma Longa Viagem” (2011), vencedor do prêmio do público no Festival de Gramado e do prêmio da crítica no Festival de Paulínia; e “Praça Paris” (2017), melhor direção e melhor atriz no Festival do Rio.

Seu mais recente trabalho, “Ana.Sem Título” (2020), teve pré-estreia na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, realizado em outubro último.

Serviço 

“Live com a cineasta Lúcia Murat”
Quando: 27 de novembro, às 16h.
Onde: Facebook - perfis Mostra Cinema e Reflexão e Instituto CPFL
Participação: online e gratuita
Informações: www.mostracinemaereflexao.com.br​

Tags:
    Instituto CPFL; Cine CPFL; Lúcia Murat;