Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Instituto CPFL terá sessões gratuitas do Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   07/07/2019

O Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo chega à sua 14ª edição, em 2019, com sessões gratuitas no Cine CPFL, em Campinas, a partir de sexta-feira, 26/07, com a exibição de seis curtas-metragens, de diversos países, a partir das 17h.

As exibições acontecem na Sala Umuarama do Instituto CPFL, com entrada gratuita, por ordem de chegada.

Entre os curtas da primeira sessão está “Roda Viva Roda Brasil”, uma produção de cinco minutos dirigido por Isabella Ricchiero e produzido na Unicamp. O curta atualiza para o cenário de 2018 a música “Roda Viva”, composta por Chico Buarque durante a ditadura militar brasileira.

Na sequência, às 19h, será exibido o longa Ganga Zumba, de Carlos Diegues. O filme, finalizado em 1964, se passa no Nordeste brasileiro, entre os séculos 16 e 17, e conta a história do jovem Ganga Zumba (interpretado pelo ator Antônio Pitanga), futuro líder do Quilombo dos Palmares, uma comunidade de negros fugidos da escravidão, na Serra da Barriga. A obra foi selecionada para a Semana da Crítica do Festival de Cannes.

Até sexta-feira, 28/07, o público pode conferir o trabalho de cineastas contemporâneos de México, Argentina, Equador, Costa Rica, Cuba, Colômbia e Porto Rico, além dos mais recentes filmes das brasileiras Alice Riff e Tata Amaral, dois nomes de destaque no circuito nacional.

Com o apoio do Instituto CPFL, o Festival de Cinema Latino-Americano é o mais importante evento feito no país dedicado à cinematografia da América Latina e do Caribe.

A iniciativa busca, além da formação de público, promover o encontro de profissionais do meio cinematográfico, como produtores, diretores, professores, estudantes e interessadas em discutir os caminhos do cinema e do audiovisual.
A curadoria e direção do festival são de Jurandir Müller e Francisco Cesar Filho, responsáveis pelo projeto Cinema e Reflexão do Cine CPFL.

“Premiada e reconhecida mundo afora, a produção audiovisual brasileira tem sido cada vez mais importante para entender nosso lugar no mundo atual. Todos os anos, centenas de produções chegam às telas do cinema e do streaming pelas mãos de jovens e veteranos realizadores dispostos a pensar o contemporâneo e fazer, com imagens em movimento, o registro de sua época. O Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, que temos o prazer de apresentar e receber em nossa sede, em Campinas, pelo terceiro ano seguido, nos ajuda a dimensionar como nossa produção dialoga com nossos vizinhos de língua espanhola, quais as nossas sintonias e nossas particularidades”, diz o diretor-superintendente do Instituto CPFL, Mário Mazzilli.

“Essa parceria reforça a vocação do Instituto CPFL como agente da produção do audiovisual brasileiro, um trabalho iniciado em 2003 que hoje forma um grande acervo de debates, encontros e saberes compartilhados em nossa sede e em nossas redes sociais ao longo desses 16 anos de atividades”, completa.
 
Confira a programação:

26/07 | sex | 17h00
mostra de curtas-metragens

o último romântico, de natalia garcía agraz (méxico, 2018, 13min, livre)
aurora, de enzo melgarejo, juan pablo labonia e tomas kogan (argentina, 2018, 13 min, livre)
desprender, de záfiro ortega (equador, 2018, 11 min, livre)
até o amanhecer chegar, de aarón acuña (costa rica, 2018, 30 min, livre)
os tempos de antes, de metzli paulina ibarra e karla lomax (méxico, 2018, 12 min, livre)
roda viva roda brasil, de isabella ricchiero (brasil, 2018, 5 min, livre)
 
26/07 |sex | 19h

ganga zumba, de carlos diegues (brasil, 1964, 110min)
 
27/07 | sábado | 17h

a música das esferas, de marcel beltrán (cuba, 2018, 82 min, livre)
 
27/07 | sábado | 19h

sequestro relâmpago, de tata amaral (brasil, 2018, 85min, 12 anos)

28/07 | domingo | 15h

recompor, de patricia ayala ruiz (colômbia, 2018, 52 min, livre)
https://vimeo.com/283200169
cartas de amor para uma ícone, de gisela rosario ramos (porto rico, 2018, 54 min, livre)
 
28/07 | dom | 17h

platamama, de alice riff (brasil, 2018, 82 min, livre)
Tags:
    Instituto CPFL; sessões gratuitas; Festival de Cinema Latino-Americano; Cine CPFL; Campinas;