Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Prefeitura de Campinas inicia obras de revitalização da Av. Francisco Glicério

Escrito por:

Assessoria de imprensa   24/02/2015

CPFL Paulista investirá R$ 12 milhões para a construção de nova rede elétrica subterrânea que é parte do projeto

Campinas, 25 de fevereiro de 2015 – A CPFL Energia, a maior empresa privada do setor elétrico brasileiro, por meio de sua distribuidora CPFL Paulista, investirá R$ 12 milhões na rede elétrica subterrânea na Av. Francisco Glicério, como parte da obra de revitalização do local, iniciada pela Prefeitura Municipal de Campinas, lançada ontem (24/2) pelo prefeito Jonas Donizette.

O recurso será utilizado para a construção de uma rede subterrânea de 1,4 quilometro, entre as avenidas Orozimbo Maia e Aquidabã. "Esta é uma obra que requer grande sinergia entre todas as empresas envolvidas para que os cidadãos de Campinas possam sentir os efeitos positivos da intervenção com a máxima celeridade e menor impacto possível para todos os que utilizam o local", afirma o vice-presidente de Operações da CPFL Energia, Hélio Viana.

A rede subterrânea trará inúmeros benefícios a todos os que utilizam a Av. Francisco Glicério: melhorará a qualidade visual do local, tornará o fornecimento de energia mais confiável, menos sujeito a interrupções por fatores externos, facilitará o fluxo de pessoas, que poderão usufruir ainda mais da área central da cidade, trará mais qualidade de vida para os cidadãos de Campinas.

Além da rede subterrânea, o projeto de revitalização da Av. Francisco Glicério, prevê a construção de novas redes de água e esgoto, novo parque de iluminação pública e rede subterrânea de telecomunicações.   De acordo com informações da administração municipal, a obra receberá ainda R$ 6 milhões em investimentos da prefeitura e R$ 4,6 milhões que devem ser aplicados pela Sanasa, para construção de novas redes de água e esgoto e mais recursos de outras empresas envolvidas. ​

Adaptações para o cliente

A obra da Av. Francisco Glicério será realizada em fases, isolando cada quadra da avenida. Os lojistas e moradores deverão realizar as adaptações em seu imóvel, a partir do momento que a obra alcançar a sua quadra. Cada cliente é responsável pela adaptação, que deverá ser realizada por profissional qualificado - engenheiro eletricista ou técnico em eletrotécnica habilitado pelo CREA. O profissional contratado deverá elaborar projeto de adaptação da conexão do lojista com a rede elétrica subterrânea, atendendo a todas as especificações vigentes na regulação do setor elétrico brasileiro para redes subterrâneas, dispostas na Resolução Normativa n. 414 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

De acordo com informações da Prefeitura de Campinas, o primeiro trecho da obra foi iniciado em 23/2, no trecho de 240 metros entre a Av. Orozimbo Maia e R. Marechal Deodoro, durante 40 dias.

A rede elétrica hoje existente na Av. Francisco Glicério será de desligada e os postes retirados, somente após a conclusão da rede subterrânea de energia e de telefonia. Caso a distribuidora precise realizar Desligamentos Programados, afetando o fornecimento de energia elétrica dos clientes do entorno, durante o período de realização da obra, todos os clientes que terão o fornecimento de energia elétrica impactados por estes desligamentos serão avisados com antecedência prevista em regulação do setor elétrico.

Outras informações podem ser acessadas no www.cpfl.com.br/redessubterraneas

Tags:
    Revitalicação, Campinas, Av. Francisco Glicério