Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Brasil promove fórum sobre economia e mercado livre de energia

Escrito por:

Assessoria de imprensa   10/11/2014

​Encontro reuniu empresários de Recife e região

A CPFL Brasil, empresa comercializadora de energia elétrica do Grupo CPFL Energia, realizou em 11 de novembro o Fórum CPFL Brasil – Cenário Econômico e Mercado Livre de Energia na cidade de Recife. O encontro faz parte de um ciclo de eventos para empresários e representantes de grandes indústrias do Nordeste.

Os palestrantes Ricardo Buratini, Gerente de Estudos e Economia da CPFL Energia, Leandro Asao Kobayashi, Coordenador de Gestão de Representação da CPFL Brasil e Leonardo Souza Lopes, Consultor de Negócios Sênior da CPFL Brasil, abordaram os temas sobre economia, cenário energético, energia no mercado livre e as mudanças na contratação e seus impactos.

"Estamos comprometidos com o Nordeste. Por isso realizamos fóruns como este e temos um escritório em Recife.", afirma Daniel Marrocos Camposilvan, Diretor de Mercado da CPFL Brasil.

CPFL Brasil

Com atuação na venda de energia aos consumidores do mercado livre, a CPFL Brasil oferece produtos customizados, bem como realiza a avaliação de migração dos consumidores do mercado cativo das distribuidoras para esse mercado, fornecendo serviços de migração para esses consumidores. Mais informações pelo site http://www.cpfl.com.br/brasil ou direto com o Escritório Nordeste pelo telefone (81) 3256-7550 ou pelo e-mail nordestebrasil@cpfl.com.br.

Consumidores Livres

No mercado livre de energia o consumidor escolhe de qual empresa quer comprar energia, e negocia preço e demais condições comerciais que se mostram mais aderentes ao seu perfil de consumo com a comercializadora de energia.

A legislação atual estabelece que uma unidade consumidora possa optar por ser "livre" quando cumprir seu contrato de fornecimento vigente com a concessionária local e atender a uma das condições abaixo:

- Consumidores com demanda contratada igual ou superior a 3.000 kW, podem adquirir energia a partir de qualquer fonte (hidráulica, térmicas, outras).

- Consumidores com demanda entre 500 kW e 3.000 kW, e que devem adquirir energia a partir de fonte renovável (pequenas centrais hidrelétricas, biomassa, eólica, solar).

 

 

Tags: