Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

FHC fala sobre Max Weber durante Café Filosófico CPFL no Auditório Ibirapuera

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   08/05/2019

​Há 100 anos, em 1919, foi publicado o ensaio “Política como vocação”, de Max Weber. O texto reproduzia a conferência proferida pelo economista e sociólogo na Universidade de Munique, na Alemanha, naquele mesmo ano, e serviu de base para vários estudos na área de sociologia e ciência política ao longo dos anos. Mas qual a atualidade dos conceitos e ideias que Weber desenvolveu neste trabalho?

A pergunta será levantada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no Café Filosófico CPFL que será realizado no dia 22 de maio, quarta-feira, às 19h, no Auditório Ibirapuera - Oscar Niemeyer, em São Paulo (SP). 

Resultado de uma parceria entre o Instituto CPFL, a Fundação FHC e o Itaú Cultural, responsável pela gestão do Auditório Ibirapuera, o debate será aberto ao público e terá transmissão ao vivo nas redes sociais do Instituto CPFL. 

A entrada é gratuita e a distribuição de ingressos (dois por pessoa) será na bilheteria do Auditório, uma hora e meia antes da apresentação (sujeito à lotação da casa). A apresentação conta com interpretação na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O Café Filosófico CPFL é um programa de debates organizado pelo Instituto CPFL, plataforma de investimento social privado do Grupo CPFL, no qual são abordados os anseios e as angústias dos indivíduos na sociedade contemporânea. O ponto de partida para se pensar o contemporâneo são as pessoas e seus afetos; os comportamentos, angústias e ansiedades nas relações mais próximas de cada um. As referências teóricas fundamentais estão na psicanálise e na filosofia.

Com transmissão online e ao vivo, os debates, sempre abertos ao público, são disponibilizados gratuitamente no site e nas redes sociais do Instituto CPFL e, posteriormente, editados e exibidos nas noites de domingo pela TV Cultura. O programa está na grade da emissora desde 2003.


Tags:
    Instituto CPFL; Café Filosófico CPFL; Max Weber; Fernando Henrique Cardoso; Itaú Cultural; Fundação FHC;