Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Dia Mundial da Eficiência Energética: dicas para uso racional da energia elétrica

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   04/03/2016

​Artigo de Luiz Carlos Lopes Júnior, Gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia

No dia 5 de março, comemora-se o Dia Mundial da Eficiência Energética, e a CPFL Energia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, visa conscientizar os seus consumidores sobre a necessidade e vantagens do uso racional da energia elétrica. É consenso que, quanto maior é o desperdício de energia, maior é o preço que pagamos por ela.

A primeira preocupação deve ser com o chuveiro, responsável por 25% a 35% dos gastos com energia. Ao usá-lo no modo 'inverno', o acréscimo no consumo é de cerca de 30% em relação ao modo 'verão'. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que um banho quente com 30 minutos de duração consuma de 2 a 3 kWh (quilowatts-hora), o que equivale a aproximadamente 79 kWh no mês. Como o valor médio da tarifa residencial (tarifa B1) no Estado de São Paulo é R$ 0,37814/kWh, isso significa um custo de R$ 29,35 - sem contar encargos, impostos e a Taxa de Iluminação.

 O uso das secadoras também pode representar um consumo entre 120 a 150 kWh por mês, quando usado uma vez por dia. O aparelho consome mensalmente de 3,15 a 6,30 kWh se ligado duas vezes por semana. A dica aqui é procurar acumular roupa para lavar e secar tudo de uma única vez. As geladeiras são responsáveis por boa parte dos gastos com energia em uma residência. Por isso, evite abrir e fechar o eletrodoméstico desnecessariamente e não deixe o aparelho próximo a equipamentos que produzam calor, como o fogão. Outros conselhos úteis são não deixar acumular gelo e só ligar o freezer em ocasiões especiais, como festas ou churrascos.

Embora pequenas, as lâmpadas consomem uma quantidade razoável de energia. A iluminação pode elevar a temperatura de um cômodo em até 5°C. Lâmpadas de LED são mais indicadas, pois não esquentam o ambiente. O modelo fluorescente tem uma potência de 40 watts, já a LED tem potência de 18 watts e produz a mesma luminosidade. Evite deixar as luzes acesas e aproveite a luz do sol.

O conforto que ar condicionado proporciona nos dias mais quente é incontestável. O uso diário do aparelho, no entanto, pode aumentar em 30% o valor das c​ontas de luz. É possível comprar aparelhos que consomem de 12% a 26% menos energia, o que reduz sensivelmente os gastos. Outra dica importante é, quando o ar-condicionado estiver ligado, fechar todas as portas e janelas do ambiente para que a temperatura desejada seja alcançada mais rapidamente, reduzindo o consumo de energia.

Outra forma de gastar menos energia é comprar aparelhos elétricos identificados com o selo do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). Produtos que apresentem notas A ou B possuem uma maior eficiência energética, ou seja, consomem menos energia que as que indicam notas D ou E.

Em 2015, cerca de R$ 59 milhões em investimentos de eficiência energética distribuídos nos 570 municípios atendidos pelas concessionárias CPFL Paulista, CPFL Piratininga, CPFL Santa Cruz, CPFL Jaguari, CPFL Leste Paulista, CPFL Sul Paulista, CPFL Mococa e RGE, nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul, conforme aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A quantidade de energia elétrica poupada na aplicação dos programas de eficiência energética da CPFL Energia, ano passado, foi de 33.870,63 MWh/ano. A título de comparação, essa mesma quantidade de energia seria suficiente para abastecer, aproximadamente, 14 mil clientes residenciais, com consumo médio de 200 KWh mensais, pelo período de um mês. 


Tags:
    dia mundial da eficiência energética; dicas de consumo