Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Santa Cruz aplica R$ 11,4 milhões no primeiro semestre de 2016 para ampliar fornecimento de energia

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   12/09/2016

​​Investimento reforça colocação da distribuidora com a terceira melhor qualidade do serviço prestado em 2015, de acordo com a ANEEL​

Piraju, 13 de setembro de 2016 – A CPFL Santa Cruz, distribuidora do Grupo CPFL Energia, investiu R$ 11,4 milhões no primeiro semestre de 2016 para reforçar o sistema elétrico dos 24 municípios de sua área de concessão no Estado de São Paulo e de três cidades ao norte do Paraná. Os recursos foram aplicados na expansão, modernização e manutenção do sistema elétrico, proporcionando um serviço de melhor qualidade para os 208,3 mil clientes atendidos pela concessionária.

"Apesar do cenário desafiador, a CPFL Santa Cruz foi capaz de manter os seus investimentos para melhorar a qualidade do serviço prestado aos seus consumidores e acompanhar o ritmo do consumo em sua área de concessão", afirma o presidente da distribuidora, Marco Antônio Villela. Em 2015, a companhia ficou em terceiro no ranking nacional de continuidade do serviço, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), fruto da continuidade dos investimentos realizados.

Comprometida com o desenvolvimento socioeconômico das cidades em que atua, a CPFL Santa Cruz aplicou R$ 4,6 milhões nos projetos voltados ao atendimento do cliente e suporte ao crescimento do mercado. Parte dos recursos foram destinados à expansão das redes elétrica, visando a ligação de novos clientes. Entre janeiro e junho de 2016, foram conectados 2.151 novos consumidores à rede da companhia.

Outros R$ 5,2 milhões foram investidos pela CPFL Santa Cruz na manutenção, na melhoria e na modernização do seu sistema de distribuição. Em linhas gerais, os investimentos preparam o sistema elétrico das cidades para o aumento futuro tanto da demanda por energia do parque industrial quanto do consumo das classes comercial e residencial, além de tornar a rede mais resistente aos fatores climáticos.

No total, o Grupo CPFL Energia investiu R$ 429 milhões em suas áreas de concessões no Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Minas Gerais no segmento de distribuição no primeiro semestre de 2016, crescimento de 2% na comparação com o mesmo período de 2015.

As 10 cidades que receberam mais investimentos no primeiro semestre de 2016 na área de concessão da CPFL Santa Cruz:

CidadeInvestimento
AvaréR$ 1,83 milhão
OurinhosR$ 1,76 milhão
Santa Cruz do Rio PardoR$ 1,34 milhão
JacarezinhoR$ 566,6 mil
Cerqueira CésarR$ 525,07 mil
Ribeirão ClaroR$ 456,3 mil
São Pedro do TurvoR$ 449,6 mil
PirajuR$ 332,5 mil
ManduriR$ 331,7 mil
TaquaritubaR$ 267,1 mil

 

Arborização Mais Segura

A Prefeitura de Ourinhos e a CPFL Santa Cruz, em março deste ano, assinaram um termo de compromisso para a revitalização da arborização urbana, através do Projeto Arborização Mais Segura. Mais de 10 mil novas mudas de espécies adequadas para a arborização urbana, sem interferência à rede elétrica, serão plantadas nos próximos cinco anos na cidade.

A queda de galhos e de árvores que atingem a rede elétrica representam 2/3 do tempo em que o cliente da CPFL Santa Cruz fica sem energia elétrica. Em Ourinhos, a companhia registrou em 2015, 741 interrupções do serviço de fornecimento de energia devido a danos causados à fiação por árvores.

Para o segundo semestre estão previstas as revitalizações da arborização urbana nos municípios de Bernardino de Campos e Timburi, no Estado de São Paulo, e Barra do Jacaré, no estado do Paraná, que também receberão mudas de espécies adequadas, sem interferência à rede elétrica.​

Índices de qualidade no fornecimento de energia elétrica

Fruto dos investimentos em todas as cidades de sua área de atuação, a CPFL Santa Cruz possui um dos menores índices de duração (DEC) e frequência (FEC) de interrupções de fornecimento de energia do Brasil entre as grandes distribuidoras, segundo a Aneel. O DEC, índice que representa a média do tempo que o cliente ficou sem energia durante o ano de 2015, foi de 8,46 horas/ano, enquanto o FEC, índice que mede a média da frequência de interrupções no fornecimento por cliente foi de 6,35 vezes. A média brasileira, em 2015, foi de um DEC de 18,59 horas e um FEC de 9,86 vezes.

É importante destacar que cerca de 2/3 do tempo em que falta energia corresponde a interrupções emergenciais, provocadas por fatores externos ao sistema elétrico, como os temporais (com quedas de árvores), colisões de veículos contra postes e objetos que atingem a rede – pipas, balões e galhos de árvores, além de furtos de cabos. O outro terço corresponde a desligamentos programados, informados previamente aos clientes e organizados para que a empresa possa executar obras de melhoria na rede elétrica. O desabastecimento causado por fatores externos é inerente ao modelo de rede elétrica existente no Brasil. ​

Canais de atendimento ao cliente CPFL Santa Cruz:

  • Site e web mobile: www.cpfl.com.br (acesso via smartphone)
  • E-mail: atendimento@cpflsantacruz.com.br
  • Contact Center: 0800 772 2196 (ligação gratuita)
  • SMS: enviar a palavra LUZ e o seu código (localizado no verso da sua conta de energia) para o número 26805
  • App CPFL&VC, disponível para IOS, Android e Windows Phone
  • Atendimento presencial em todas as cidades atendidas.

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 103 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização, serviços e telecomunicações. É líder no mercado de distribuição, com 13% de participação, totalizando mais de 7,8 milhões de clientes nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.

Na comercialização, é um dos líderes no mercado livre, com uma participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais entre as comercializadoras. É um dos líderes na comercialização de energia incentivada para clientes livres.

Na geração, é o segundo maior agente privado do país, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis. A CPFL Geração conta com 2.248 MW de potência instalada, considerando sua participação equivalente em cada um dos ativos de geração. Em 2011 criou a CPFL Renováveis, com ativos como PCHs, parques eólicos, termelétricas a biomassa e a usina solar Tanquinho, pioneira no Estado de São Paulo, e uma das maiores do Brasil. Adicionando a participação equivalente na CPFL Renováveis, a capacidade instalada total do Grupo CPFL atingiu 3.144 MW no final do segundo trimestre de 2016. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros.

A CPFL Energia tem ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets e do Morgan Stanley Capital International Global Sustainability Index (MSCI). Pelo 11º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa.​

Tags:
    investimentos; Santa Cruz;