Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Renováveis registra lucro líquido de R$ 95 milhões, crescimento de 89% no terceiro trimestre de 2017

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   09/11/2017

São Paulo, 9 de novembro de 2017 – A CPFL Energias Renováveis S.A. (CPRE3), maior geradora de energia com fontes renováveis do Brasil, encerrou o terceiro trimestre com alta de 16% na receita líquida (R$ 584,9 milhões) e de 18% no EBITDA 
(R$ 407,8 milhões), ante o terceiro trimestre de 2016. O lucro líquido da companhia foi de R$ 94,8 milhões, o que representou um crescimento de 89%.

O desempenho positivo é decorrente da entrada em operação gradual (de maio a dezembro de 2016) dos complexos eólicos Campo dos Ventos e São Benedito, que somam 231 MW de capacidade instalada, e do Complexo Pedra Cheirosa (48,3 MW), que iniciou a operação em junho desse ano, quase um ano antes da data prevista em contrato. Contribuiu ainda para esse resultado a descontratação de 91,2 MW médios de energia do complexo eólico Macacos e dos parques eólicos Atlântica I, II e IV e Morro dos Ventos II. A decisão faz parte da estratégia comercial de utilização do leilão de energia - Mecanismo de Compensação de Sobras e Déficits (MCSD), com preço no mercado livre mais atrativo que no mercado regulado.

O resultado financeiro se manteve estável entre os períodos. Com isso, a Companhia apresentou um lucro líquido de R$ 94,9 milhões, aumento de 89% em relação ao mesmo período do ano anterior. 

No trimestre também teve a liquidação da primeira debênture de infraestrutura da Companhia, no valor de R$ 250 milhões e a alavancagem encerrou em 4,4 vezes dívida líquida/Ebitda, menor valor histórico.

A geração de energia no trimestre foi de 2.052 GWh, aumento de 3,1% em relação ao mesmo período de 2016. Esse crescimento deve-se à maior geração de energia dos parques eólicos, que representou alta de 15%, ante o terceiro trimestre do ano passado, aliada à entrada de novas capacidades e à maior incidência de ventos no Rio Grande do Sul nos últimos 12 meses. No acumulado do ano, a CPFL Renováveis gerou 4.875,3 GWh de energia, aumento de 4,1% ante 2016 (+190,4 GWh). 

No terceiro trimestre, a CPFL Renováveis investiu R$ 51,5 milhões na conclusão das obras do Complexo Eólico Pedra Cheirosa (48,3 MW), em Aracati (CE), que entrou em operação em junho, e na construção da Pequena Central Hidrelétrica Boa Vista 2 
(29,9 MW), em Varginha (MG), que teve as obras iniciadas em fevereiro. No acumulado do ano, a companhia totalizou R$ 446 milhões em investimentos. 

Tags:
    CPFL Renováveis; CPFL Energia; resultados financeiros; terceiro trimestre de 2017;