Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Paulista realiza operação contra fraudes e furtos de energia elétrica em São Carlos

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   28/11/2019

​São Carlos, 29 de novembro de 2019 - A CPFL Paulista realiza nesta sexta-feira (29), uma operação contra fraudes e furtos na rede elétrica de São Carlos. A ação tem como foco o combate a irregularidades no bairro São Carlos VIII, após a distribuidora ter verificado inconsistências nas medições e nos consumos de energia de unidades consumidoras da região.

A companhia destaca que tem intensificado as iniciativas para identificação e erradicação das ações criminosas. Neste ano, a empresa realizou mais de 7.200 mil inspeções contra fraudes e furtos em São Carlos. Do total de vistorias, cerca de 500 fraudes foram confirmadas. A energia perdida associada às fraudes seria o suficiente para abastecer cerca de 1.500 casas durante o período de um ano.

Para a verificação das irregularidades, além das inspeções convencionais, a companhia faz regularmente blindagem de rede e medições, de forma a evitar a reincidência. As tecnologias de monitoramento contínuo e à distância permitem que a distribuidora aumente a produtividade das equipes e intensifique suas ações contra esse tipo de crime sem a necessidade do deslocamento de equipes. 

Consumidores da CPFL Paulista também podem contribuir para o combate às fraudes e furtos por meio dos canais de denúncia disponibilizados pela concessionária. Denúncias podem ser realizadas pelo aplicativo CPFL Energia, pelo site www.cpfl.com.br​, pelo e-mail denunciafraude@cpfl.com.br ou pelo telefone 0800 010 1010. 

Furtar energia é crime. As fraudes e furtos de energia são crimes previstos no Código Penal, e a pena pode variar de um a quatro anos de detenção. Além disso, para os fraudadores também são cobrados os valores retroativos referentes ao período em que ocorreu o roubo, acrescidos de multa.

Além de crime, as irregularidades contribuem para tornar a conta de luz mais cara para todos os consumidores. Isso ocorre porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) reconhece nas chamadas “perdas comerciais”, como são denominados os furtos e as fraudes no jargão do setor elétrico, uma parcela do prejuízo da distribuidora com o valor da energia furtada e dos custos para identificar e coibir as irregularidades. 

Outra consequência negativa dos furtos e fraudes de energia é a piora na qualidade do serviço prestado, prejudicando todos os consumidores. As ligações clandestinas sobrecarregam as redes elétricas, deixando o sistema de distribuição mais suscetível às interrupções no fornecimento de energia. A regularização destes clientes traz cidadania para essa parcela da população e beneficia todos os consumidores com um serviço de melhor qualidade. 

Consumidores que adotam esta prática, popularmente conhecida como “gato”, também estão colocando em risco as suas vidas e da população. Pessoas não habilitadas que tentam manipular o medidor de energia ou realizar ligação direta na rede elétrica correm o risco de choque e acidentes graves, que podem ser fatais. 

Atuação preventiva. O Grupo CPFL Energia adota vários métodos de monitoramento e análise, de modo a identificar possíveis variações no consumo de energia elétrica que indiquem perdas comerciais.

Desde 2016, esse trabalho foi fortalecido com o projeto da telemedição dos grandes clientes industriais e comerciais do Grupo. Mais 26 mil medidores inteligentes foram instalados nestes consumidores, possibilitando o monitoramento em tempo real do consumo de energia e tornando mais eficaz o processo de identificação de fraudes. 

Apesar das ligações irregulares (perdas comerciais) representarem menos de 2% do total da energia distribuída em sua área de concessão, a CPFL Energia trabalha para diminuir ainda mais este índice visando reduzir o encarecimento da conta de luz dos consumidores, manter a qualidade dos serviços prestados pela companhia e garantir, por consequência, a segurança da população. 

Pagamentos e negociações. A companhia reforça que facilita a negociação dos débitos das faturas de energia nos postos de atendimentos e pela internet acessando o site https://www.cpfl.com.br/atendimento-a-consumidores/produtos-e-servicos/Paginas/parcelamento-debitos.aspx. 

O cliente pode simular e realizar o parcelamento sem burocracia.  A negociação é realizada em ambiente seguro com emissão do Termo de Confissão de Dívidas com os detalhes das condições em que o parcelamento foi realizado. 

Tags:
    CPFL Paulista; São Carlos; Fraudes e Furtos; Furtos de Energia;