Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Paulista dá dicas para garantir a Festa Junina com alegria e muita segurança

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   28/06/2016


​Campinas, 29 de junho de 2016 - ​Junho é o mês daquele friozinho, de escutar canções tradicionais, de roupa xadrez, chapéus de palha, de dançar quadrilha, de comer paçoca, canjica, curau e de festa. Em todas as cidades da área de concessão da CPFL Paulista, igrejas e agremiações locais e comunidades promovem os ‘arraiás’ ou quermesses, com barraquinhas que oferecem desde comidas e bebidas deliciosas a brincadeiras, como pecarias, argolas e boca do palhaço, fazendo desse tempo um convite para levar a família e passar bons momentos. Junho é mês do espírito de Festa Junina, mas também da segurança. 

O problema é que, ao montar uma destas barraquinhas, muitas vezes as pessoas não se preocupam em chamar um eletricista ou especialista para checar se as instalações elétricas estão de acordo, sem apresentar nenhum risco para os que estão trabalhando ou para quem vem usufruir das comodidades. A festa deve ser montada observando-se todos os cuidados para garantir a segurança dos participantes, de modo que barracas, palanques e palcos devem ser instaladas mantendo sempre uma distância segura da rede elétrica. 

Nunca faça ligações clandestinas, e procure observar os cuidados com a rede de iluminação e de alimentação (tomadas). O correto é utilizar os serviços de um profissional para executar toda a fiação e fazer a adequada conexão à rede elétrica. Use apenas equipamentos, como lâmpadas, tomadas, etc., que tenham garantia de segurança. Procure o selo do  Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) que garante a qualidade desses aparelhos e consulte sempre os técnicos da distribuidora de energia sobre os parâmetros de segurança com a rede elétrica, antes de montar a festa.

Também é importante que os profissionais que estão trabalhando na montagem fique atento ao manusear vergalhões de ferro, arames, escadas, réguas de alumínio e outros materiais metálicos ou não, os quais, em contato com a rede elétrica, podem provocar graves acidentes. Outro cuidado é ao instalar as famosas ”bandeirinhas”. Muito bonitas e com motivos alegres, elas enfeitam as festas, mas, de maneira alguma, devem ser penduradas nos postes e nos cabos de energia e nem conter fios ou cabos metálicos em sua confecção. 

Um alerta é importante para os pais que vão levar os filhos para participar de festas juninas é que, ao chegar ao local, preste atenção em todo o entorno da festa. Observe a estrutura das barracas e veja se não existem fios de energia passando por locais onde irão pisar, se a fiação não está solta ou baixa ou com fios mal emendados e desencapados. Lembre-se sempre que o risco de acidente é muito grande nesses casos e a festa pode se transformar em tragédia.

Outra tradição comum na Festa Junina que deve ser evitada é a prática de soltar balões. Se atingirem a rede elétrica ou subestações, os balões podem provocar graves acidentes, além do risco de causarem queimadas que, se ocorrerem próximas de linhas de transmissão, podem provocar a interrupção no fornecimento de energia para um grande número de consumidores. Não acendam fogueira próxima à rede elétrica, uma vez que o calor das chamas pode danificar os fios, cabos e postes e causar o corte no fornecimento de energia aos clientes da CPFL Paulista.

Tags:
    Festa Junina; CPFL Paulista; energia; segurança; rede elétrica