Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Energia vence em duas categorias no Prêmio Eco Brasil

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   03/03/2020

Os cases “Economia Circular e Gestão de Resíduos” e “Gestão da Biodiversidade e Valor compartilhado com a Comunidade” levaram dois troféus na premiação

Campinas, 4 de março de 2020. A CPFL Energia, um dos maiores grupos privados do setor elétrico, venceu em duas categorias no Prêmio Eco Brasil 2020, organizado pela Câmara Americana de Comércio no Brasil (Amcham) e o jornal O Estado de S. Paulo, que reconhece as empresas que adotam as melhores práticas para o desenvolvimento empresarial sustentável no Brasil. 

 “A CPFL Energia trabalha constantemente na transição do setor de energia no Brasil para um modelo mais sustentável, por meio de soluções inovadoras, redução do impacto ambiental e compartilhamento de impactos positivos. Ter dois grandes projetos reconhecidos é a confirmação de que a companhia está no caminho certo e que a Sustentabilidade faz parte da tomada de decisões do grupo”, destaca o diretor de Sustentabilidade da CPFL Energia, Rodolfo Sirol.

Na categoria “Sustentabilidade em Serviços”, o case vencedor foi Economia Circular e Gestão de Resíduos, com a criação de uma reformadora que avalia mensalmente mais de 770 equipamentos que seriam descartados e recapacita 60% deles para reutilização. Além disso, a empresa destina o cobre dos fios usados para fábricas, que reciclam o material e revendem para a companhia por um preço 50% menor ao praticado no mercado. Para outros resíduos, a CPFL consegue agregar valor aos materiais e vendê-los a grupos de reciclagem licenciados e homologados.

O desenvolvimento do modelo de Economia Circular possibilitou que a companhia transformasse cerca de 250 toneladas de resíduos gerados por mês pelas suas distribuidoras em São Paulo, em um negócio rentável e sustentável. De 2017 a 2019, o processo gerou R$ 146 milhões em receita e 200 empregos diretos, além de contribuir para o controle da poluição e a redução do uso de recursos naturais. Atualmente, a empresa reaproveita 100% dos resíduos em São Paulo e avalia expandir a prática para o Rio Grande do Sul. No último ano cerca de 9 mil transformadores foram modernizados e, recentemente, a empresa foi certificada de acordo com as normas ISO 14001 (gestão ambiental) e ISO 9001 (gestão da qualidade).

Até 2024, serão reformados ao menos 40 mil equipamentos por meio do modelo, entre transformadores, reguladores de voltagem e religadores. Também nesse prazo, a companhia pretende destinar 100% dos componentes da rede à cadeia de logística reversa.

Já na categoria “Sustentabilidade em Processos”, o case Gestão da Biodiversidade e Valor compartilhado com a Comunidade teve destaque. A iniciativa visa expandir os negócios, garantindo operações seguras e de qualidade para geração, transmissão, distribuição e soluções de energia elétrica, maximizando os impactos positivos ao meio ambiente e ao desenvolvimento da comunidade do entorno. A gestão da biodiversidade abrange diversos programas e ações, ancoradas em três grandes objetivos: proteger, otimizar e gerar valor compartilhado.

O grupo já conta com mais de 1,1 mil hectares de áreas de compensação florestal, nas modalidades de reflorestamentos e manejo de espécies exóticas em unidades de conservação e aquisição de áreas de reserva legal excedente em propriedades privadas. Nesta iniciativa, a CPFL Energia já contribui para a preservação de 143 hectares do bioma Cerrado e 994 hectares do bioma Mata Atlântica.

Tags:
    Campinas; CPFL Energia; Prêmio Eco Brasil; Sustentabilidade em Serviços; Sustentabilidade em Processos; Câmara Americana de Comércio no Brasil;