Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Energia participa da XI Semana Nacional da Segurança com Energia Elétrica

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   26/07/2017

Campanha da Abradee tem objetivo de alertar a populaçãosobre os riscos que a rede elétrica pode oferecer

Campinas, 27 de julho de 2017 - As distribuidoras do Grupo CPFL Energia participam da XI Semana Nacional de Segurança da População com Energia Elétrica, que acontece até 30 de julho, coordenada pela Abradee (Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica). O objetivo é mostrar que cuidados simples, tomados no dia a dia, são fundamentais para evitar acidentes elétricos.

O número total de acidentes entre a população brasileira envolvendo a rede de energia elétrica vem caindo nos últimos anos. Desde que começou a fazer o monitoramento, em 2001, dados Abradee revelam uma queda de 26% até 2016: em 2001 foram registrados 1.046 acidentes, e em 2016 773. O percentual de ocorrências de maior gravidade, com episódios fatais, caiu 37% nos últimos 16 anos, e do ano passado até agora a redução foi de 9% (veja gráfico).

Gráfixo.jpg 

A Semana Nacional da Segurança pretende alcançar cerca de 206 milhões de pessoas em todo o País, difundindo o uso seguro e consciente da energia elétrica. Para isso, a campanha conta com a adesão de 47 empresas distribuidoras de energia elétrica. Com o slogan "Energia Elétrica com Consciência", a iniciativa tem o objetivo de conscientizar para prevenir, chamando a atenção para cinco situações do dia a dia das pessoas que têm sido as principais razões dos acidentes: construção e manutenção predial; ligações clandestinas; pipa; instalações de antena de TV; e poda de árvore.

No total, foram registrados pelas distribuidoras 773 acidentes em todo o País, no último ano (7 a menos do que em 2015). Destes, 240 tiveram maior gravidade, em situações que ocasionaram a morte das vítimas (no ano anterior, haviam sido registrados 23 casos a mais). Assim como nos anos anteriores, o principal responsável pelas mortes ocasionadas pelo contato com a rede de energia é a construção e manutenção predial, com 33% dos casos no último ano. Já as ligações elétricas clandestinas, o famoso "gato", é a segunda maior causa de mortes. De 2009 a 2016, período de 8 anos, 271 pessoas morreram por contato com os fios ao tentar fazer uma ligação clandestina. No mesmo período, foram registradas 134 mortes por conta do contato das vítimas com a fiação enquanto instalavam antena de TV; 113 pessoas morreram enquanto faziam poda de árvores, e 57 enquanto empinavam pipa.

As distribuidoras do Grupo CPFL Energia realizam ações durante todo o ano, com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos e cuidados com a energia elétrica. As ações são relacionadas à divulgação de informações através de campanhas de mídia e orientações realizadas por meio intervenções pontuais, quando da identificação de situações de risco, e por meio de Campanhas Externas de Prevenção de Acidentes Elétricos – CEPAE. Dessa forma a CPFL busca conscientizar a população sobre os riscos da energia elétrica", esclarece o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho, do Grupo CPFL Energia, Marcos Victor Lopes.

Entre 2015 e 2016, foram registrados 80 casos de mortes na por construção e manutenção predial; 20 por ligação elétrica clandestina; 13 por poda de árvore; 8 em instalações de antena de TV; e 5 em brincadeiras de empinar pipa. "Com abrangência nacional, a campanha pretende ampliar a divulgação das recomendações sobre a prevenção de acidentes envolvendo as redes  elétricas. Queremos mostrar que a adoção de cuidados simples no cotidiano das pessoas é essencial para evitar danos às pessoas", completa Marcos Victor. ​

Dicas de segurança:

Antena de TV: ao instalar ou consertar antenas, cuidado com a rede elétrica. Escolha um lugar afastado dos fios da rede elétrica e sempre quando o tempo estiver bom. Caso a antena caia nos fios, nunca tente segurá-la ou recuperá-la.

Área rural: mantenha distância da rede elétrica ao usar máquinas agrícolas. Esteja sempre atento para evitar acidentes com máquinas agrícolas movimentadas próximas da rede elétrica. E nunca faça queimadas, nem deixe a vegetação chegar perto dos fios e postes.

Poda de árvores: nunca faça poda de árvores. Entre em contanto com a prefeitura de sua cidade e solicite o serviço. A poda de árvores é um serviço que deve ser realizado somente por profissionais preparados e qualificados.

Pipas: não tente tirar pipas dos fios. Brinque sempre longe da rede elétrica. Sempre empine pipas em locais abertos e afastados da rede elétrica. Jamais use fios metálicos ou cerol, e caso a pipa fique presa, não tente resgatá-la.

Construção ou manutenção predial: ao construir ou reformar, mantenha uma distância segura da rede elétrica, principalmente ao movimentar materiais metálicos, como barras de ferro e arames. Consulte sempre um profissional capacitado para este tipo de serviço ou a sua distribuidora.

Ligação clandestina (gato): ligações da rede elétrica, somente pelo eletricista de sua distribuidora de energia. Furtar energia é muito perigoso. Além de ser um crime, provoca acidentes e coloca vidas em risco. Fique sempre longe da rede elétrica e não faça ligações clandestinas.

Além desses temas, as campanhas das distribuidoras do Grupo CPFL abordam também assuntos como utilização de máquinas e equipamentos agrícolas e sobre queimadas.

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 104 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.258 MW, no final do primeiro trimestre de 2017. 

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além de participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets. Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Tags:
    Abradee; Segurança; Acidente;