Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Energia leva projetos de educação financeira, empoderamento feminino e economia circular a comunidades baixa renda

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   08/02/2021

O CPFL na Comunidade, programa de Eficiência Energética em parceria com o Quintessa, visa diminuir as desigualdades e proporcionar soluções que apoiem nos desafios sociais e ambientais centrais do país 

A CPFL Energia, por meio do programa CPFL na Comunidade, selecionou e está implantando quatro projetos com soluções inovadoras sobre educação financeira, empoderamento feminino e economia circular em Campinas, Ribeirão Preto e São Vicente. As ações têm como objetivo promover a eficiência energética em comunidades de baixa renda localizadas nas áreas de concessão das distribuidoras do grupo.

A iniciativa CPFL na Comunidade é uma parceria com o Quintessa, uma aceleradora de negócios de impacto que há 10 anos apoia e trabalha para que empresas sejam relevantes na solução dos desafios sociais e ambientais centrais do nosso país.

“Nosso objetivo é sempre criar formas de apoiar as comunidades levando informações e conhecimento para uma energia econômica, eficiente e sustentável. O grupo CPFL está sempre atento e focado em criar projetos que envolvem a população de baixa renda, nas comunidades onde a companhia está presente”, afirma Felipe Henrique Zaia, gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia. 

Projetos implantados:

O Poupa Certo é um aplicativo que ajuda os brasileiros, em especial as famílias do bairro Borbagato, em Campinas, a desmistificar a tarefa de guardar dinheiro. Ele oferece uma experiência digital de educação financeira e promove acesso e uso eficiente dos serviços financeiros indicados para cada perfil. A iniciativa já ajudou mais de 5 mil pessoas a melhorar sua saúde financeira, além de influenciar comportamentos ligados à eficiência energética e inadimplência.

Já o SeViraMulher capacita mulheres com conhecimentos técnicos e práticos para empreenderem na área de serviços de manutenção elétrica residencial. Além de empoderamento feminino e geração de renda, o projeto abre portas para um novo ofício profissional que, hoje, possui baixa presença delas. Mais de 120 alunas já passaram pelo curso nas cidades de Campinas e Ribeirão Preto.

O Biocicla transforma artesãs (costureiras) em empreendedoras com consciência ambiental e especializadas em tratamento dos uniformes de eletricistas da CPFL em Ribeirão Preto, Campinas e São Vicente.  O projeto existe desde 2015 e, até hoje, vem aplicando de forma prática e inovadora a economia circular, gerenciando resíduos, desenvolvendo metodologias, elaborando conteúdo, criando uma rede de parceiros e formando indivíduos.

Já em São Vicente, a empresa escolhida foi a Barkus – especializada em capacitar mulheres pela trilha de educação financeira e com viés de eficiência energética e inadimplência. O projeto democratiza o acesso à educação financeira para jovens e adultos, expandindo horizontes, ajudando a mudar realidades e diminuindo desigualdades. Mais de 450 mulheres já passaram pelo projeto.​

“A ação une alto grau de inovação e geração de impacto positivo, trazendo as soluções de negócios para transformarem e ajudarem na superação das necessidades das comunidades, dentro da temática de eficiência energética, ao mesmo tempo em que deixa um legado positivo para a população por meio do fortalecimento das organizações sociais locais", comenta Anna de Souza Aranha, diretora do Quintessa.

O processo seletivo para o CPFL na Comunidade teve início em agosto de 2020. Todas as soluções inscritas foram avaliadas e, em um primeiro momento, aquelas com maior potencial foram selecionadas. Na sequência, quatro foram escolhidas para realizar a ação piloto. Os selecionados receberam R$ 200 mil – dividido entre eles - para implementação, suporte e mentoria do Quintessa e da CPFL. Além disso, as empresas puderam criar um relacionamento, networking e gerar impacto positivo nas comunidades onde a soluções foram implementadas.

Os recursos do Programa de Eficiência Energética vêm do valor arrecadado nas contas de energia elétrica, seguindo determinações da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Esses recursos voltam para a sociedade por meio de projetos como estes, que buscam preservar os recursos naturais e promover o uso consciente da energia, evitando o desperdício.

A CPFL Energia investiu, em 2020, R$ 164 milhões em projetos de eficiência energética nas cidades de sua área de atuação. Os projetos investidos pela CPFL proporcionarão a redução de cerca de 134.7 mil MWh anuais, suficiente para fornecer energia elétrica para mais de 58 mil residências todos os anos, e evitarão  a emissão de 8.097 toneladas de CO2, o que equivale ao plantio de cerca de 48 mil árvores.

Tags:
    CPFL Energia; CPFL na Comunidade; Programa de Eficiência Energética;