Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Concerto no Instituto CPFL percorre a música sob a perspectiva da mulher brasileira

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   18/05/2016

Campinas, 19 de maior de 2016A mulher na canção brasileira é o tema do concerto de sábado, 21/05, às 20h, do programa Música Contemporânea do Instituto CPFL, em Campinas, com a soprano Marta Dalila Mauler e a pianista Iracele Vera Lívero. A apresentação é parte da série “A arte do diálogo”, que tem a curadoria da pianista Thais Lopes Nicolau. A entrada é gratuita.

Segundo a curadora, as canções dos séculos 20 e 21, segundo a ótica feminina, compõem um retrato diversificado não apenas das compositoras brasileiras, mas das histórias e estórias contadas pelas mulheres do país. “Desde a singela canção de Babi de Oliveira às complexidades da escrita de Eunice Katunda e Kilza Setti, da leveza das canções de Dinorá de Carvalho, primeira mulher a ocupar uma cadeira na Academia de Música Brasileira, aos despojamentos rítmicos de Najla Jabor, o programa exprime as vozes de compositoras que revelam em sua escrita as raízes culturais do Brasil em linguagens musicais refinadas e fundamentalmente femininas – e únicas”.

A série de concertos apresenta ao público as características de experimentalismo e de constante busca pelo novo da música contemporânea, com um diálogo espontâneo entre as linguagens da música de concerto europeia e os elementos originais das culturas de outras regiões. 

“A liberdade e a variedade das linguagens musicais dos séculos 20 e 21 se inspiram e incorporam sonoridades e ritmos singulares que não só evocam lugares distantes, mas que, acima de tudo, remetem o ouvinte a características culturais e perspectivas que o intrigam e o seduzem”, diz Thais.

“Esta integração cultural e peculiaridade na linguagem contemporânea afloram neste concerto, que percorre a música sob a perspectiva da mulher brasileira”, completa.
 
Confira o programa do concerto:
 
reminiscências da infância
dinorá de carvalho (1895-1980)
menino mandu (poema de…) (2”40’)
acalanto -(poema de cleomenes de campos (2”26’)
 
evocação do amor
delvair da silva (1910 – c.198…)
evocação -sobre uma melodia de edmond laurence
(poema da autora) (3”)
anelo (poema de alma de miranda) (2”)
evocação divina
eunice katunda (1915-1990)
quatro incelenças (tradicional) (8”)
       i – incelenças dos cravos e rosas
                  ii – incelenças do anjo serafim
                  iii- incelenças do anjo do céu
                  iv -incelenças das aves marias
 
ah … se eu pudesse!
najla jabor (1915-2001)
 
canção do amor (poema de iveta ribeiro)  (2”30’)
kilza setti (1932)
poema da tua luz-(poesia de rossine c. guarnieri) (1”32’)
distâncias (poema de alice camargo guarnieri) (1”25’)
 
razões do amor
cirley de hollanda (1948)
por quê? (poema de carlos drummond de andrade)(1”)
 
babi de oliveira (1908-1993)
singela canção de maria- (poema de mario faccin) (2”15’)
 
cirley de hollanda (1948)
as sem razões do amor (poema de carlos drummond de andrade)(3”)
 
amor presente
 
kilza setti (1932)
raro dom – (poesia de suzana de campos)(1”34’)
 
najla jabor (1915-2001)
noturno com palavras (poema de jose alfredo m.de carvalho) (1”32’)
 
delvair da silva (1910- c.198…)
quando falas assim –(poema de luiz pinto grijó) (2”)
 
amor impossível
eunice katunda (1915-1990)
moda da solidão – solicitude (poema de mario de andrade)(4”41’)
 
najla jabor (1915-2001)
toada n.4 – (poema de paula barros) (2”)
 
kilza setti (1932)
a estrela – (poesia de manuel bandeira) (3”16’)
cantiga (poema de manuel bandeira) (2”30’)
 
saudade
babi de oliveira (1908-1993)
recomendação –(poema de índia rêgo) (1”46’)
 
jogos do amor
najla jabor (1915-2001)
assim falou o poeta- ( poema de cyl gallindo) (41’)
 
kilza setti (1932)
jogo do varisto (poesia popular) (1”)
 
cirley de hollanda (1948)
mudança (poema de carlos drummond de andrade)(2”)

Serviço

local: sala umuarama | rua jorge figueiredo corrêa, 1632, chácara primavera, campinas – sp;
data: sábado, 21/05/2016
horário: 20h
capacidade: 162 lugares
entrada gratuita, com retirada de ingressos (2 por pessoa) a partir das 19h
informações: (19) 3756-8000

Tags:
    CPFL Energia; Instituto CPFL; setor elétrico; música; energia