Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

Cine CPFL tem sessões gratuitas em dezembro com 8 clássicos do cinema americano

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   27/11/2016


Campinas, 28 de novembro de 2016 - Para encerrar a temporada 2016 em grande estilo, o Cine CPFL presenteia o público de Campinas e região com uma seleção de clássicos do cinema americano neste fim de ano. As sessões, todas gratuitas, acontecem, a partir do dia 1º de dezembro, às quintas e sextas-feiras, sempre às 19h.

Ao longo do mês serão exibidos títulos inesquecíveis como “Cantando na Chuva”, “Casablanca”, “...E o Vento Levou” e “Grande Hotel”, filme de Edmund Goulding que estará em cartaz na sessão do dia 1º.
 
Confira a programação!

01/12 | qui | 19h
Grande Hotel
Edmund Goulding, 1932, 113 min, preto e branco, 14 anos

Uma rede de interesses se forma em um mesmo cenário em Berlim quando uma dançarina depressiva, interpretada por Greta Garbo, conhece um barão falido que se torna amigo de um senhor à beira da morte e que decide passar seus últimos dias no luxo do hotel onde um rico empresário está prestes a fechar um grande negócio que mudará o destino dos outros personagens. Um dos primeiros filmes da história de cinema em que vários personagens, com dilemas próprios e aparentemente paralelos, se encontram e são forçados a interagir a despeito de suas diferenças.
 
02/12 | sex | 19h
Uma Noite na Ópera
Sam Wood, 1935, 91 min, preto e branco, 14 anos
 
Neste clássico do deboche, que inspirou artistas como Woody Allen e Os Trapalhões, os endiabrados Irmãos Marx (Grouxo, Chico e Harpo) caem de paraqueda num círculo da alta sociedade e colocam abaixo qualquer convenção social da época. Groucho é um malandro empresário de ópera que quer tirar dinheiro de uma mecenas milionária, enquanto Chico e Harpo tentam ajudar um cantor de ópera novato a alcançar o sucesso e ficar com a sua amada. Os planos dão quase sempre tudo errado.
 
08/12 | qui | 19h
...E o Vento Levou
Victor Fleming, 1939, 233 min, colorido, 14 anos

Lançado nos EUA em 1939, o filme foi indicado a 14 categorias do Oscar e arrematou 10 estatuetas, entre elas a de melhor filme, diretor, melhor atriz e melhor atriz coadjuvante. A história se passa no sul dos Estados Unidos, durante a guerra civil americana. A protagonista Scarlet O’Hara (Vivien Leigh) é uma garota caprichosa que se apaixona pelo jovem Ashley Wilkes (Leslie Howard) e não é correspondida. Quando este se casa com sua prima, Scarlett, movida pela mágoa, aceita se casar com o irmão de Melanie, antes que ele vá para a guerra. No entanto, o futuro reservava dias muito amargos para Scarlett em uma época em que a guerra destruía fortunas, cenários e famílias. Para atingir seus objetivos e esquecer um amor frustrado, Scarlett se envolve com Rett Butler (Clark Gable), um charmoso aventureiro com quem protagoniza a relação de amor e ódio mais conhecida da história do cinema.
 
09/12 | sex | 19h
O Falcão Maltês
John Huston, 1941, 100 min, preto e branco, 14 anos

Um detetive fica diante do mais incrível caso de sua carreira após uma linda mulher entrar na sua vida em busca da irmã perdida. A trama recebeu três indicações ao Oscar, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Roteiro. Para muitos, é um dos melhores filmes de mistério já feitos – e o primeiro do gênero film noir. 
 
15/12 | qui | 19h
Casablanca
Michael Curtiz, 1942, 103 min, preto e branco, 14 anos

A história de um amor interrompido, vivido entre Rick Blane (Humphrey Bogart) e Ilsa Lund (Ingrid Bergman) consagrou algumas das mais conhecidas cenas do cinema, como a inesquecível interpretação de As Time Goes By no piano de Sam (Clarence Muse), o hino da Marselhesa num restaurante tomado por nazistas, símbolo da resistência, e a despedida no aeroporto quando os protagonistas descobrem que “Sempre teremos Paris”.
 
16/12 | sex | 19h
Pacto Sinistro
Alfred Hitchcock, 1951, 101 min, preto e branco, 14 anos

O filme conta a história de dois homens que se conhecem num trem e combinam uma “troca de assassinatos”. Neste pacto, um mataria a pessoa de que o outro deseja se livrar. A proposta não é levada a sério por um deles, mas o outro resolve levar adiante o acordo em uma das tramas mais engenhosas do mestre do suspense.
 
22/12 | qui | 19h
Cantando na Chuva
Gene Kelly e Stanley Donen, 1952, 103 min, colorido, 14 anos

O musical, um dos mais famosos de todos os tempos, retrata a chegada do cinema falado em Hollywood e o impacto na vida e na obra dos astros mais famosos da chamada época de ouro de Hollywood. Um clássico sobre o caráter implacável do tempo e das mudanças tecnológicas não apenas nas formas de interpretação, mas também de ver, sentir e pensar – e, claro, falar.
 
23/12 | sex | 19h
Gata em Teto de Zinco Quente
Richard Brooks, 1958, 108 min, colorido, 14 anos

Baseado na peça de Tennessee Williams e ganhadora do Prêmio Pulitzer de literatura, a história adaptada para o cinema gira em torno de uma família do sul dos Estados Unidos, com suas neuroses, tensões e rivalidades. Nela, um rico proprietário de terras tem um câncer incurável e, na celebração de seu aniversário, é visitado pelos dois filhos. Um deles é um ex-astro de futebol americano alcoólatra que vive um casamento infeliz com Maggie (Elizabeth Taylor). O filme mostra de forma sutil e profunda o cinismo e a decadência da sociedade sulista americana.
 
Serviço

Local: Sala Umuarama
Datas: todas as quintas-feiras e sextas-feiras (1,2, 8,9, 15,16, 22 e 23/12)
Horário: 19h00
Capacidade: 162 lugares
Classificação Etária: indicação de cada filmes
Entrada: Entrada gratuita, por ordem de chegada, uma hora antes de cada sessão
Informações: Instituto CPFL (19) 3756-8000 ou em www.institutocpfl.org.br/cultura/

Tags:
    Instituto CPFL; Cine CPFL; Cultura; CPFL Energia; cinema