Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

ANEEL divulga reajuste na tarifa de energia para clientes da CPFL Paulista

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   21/04/2021

O aumento de 8,64% será válido para residências e pequenos comércios a partir de 22 de abril

Campinas, 22 de abril de 2021. A CPFL Paulista, distribuidora do Grupo CPFL Energia que atende 234 municípios do interior de São Paulo, informa que a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta quinta-feira 22 de abril, o reajuste tarifário anual (RTA) a ser aplicado aos clientes da empresa. A tarifa terá um aumento médio de 8,64% para os clientes do grupo B, conectados na baixa tensão (residências, indústrias e comércios de pequeno porte) e um aumento médio de 9,60%  para os consumidores ligados à alta tensão (indústrias e comércios de grande porte). O reajuste passa a valer a partir do dia 22 de abril. 

Para o cálculo das tarifas, a Aneel considera a atualização de custos com a compra de energia dos geradores, com sistema de transmissão e com a distribuição da energia elétrica, assim como com os encargos setoriais, conforme regras estabelecidas para o todas as empresas do setor. 

A alta da tarifa foi gerada por 4 fatores principais. O primeiro foi o aumento do custo de compra de energia das usinas geradoras, que possui uma parte de seu custo associado ao dólar, que por sua vez sofreu forte elevação entre 2020 e 2021. O segundo fator foi a incorporação de novas instalações de transmissão de energia, que são as grandes linhas que trazem energia das usinas até a região da CPFL Paulista, agregando mais robustez ao sistema elétrico. Em terceiro, tivemos a inclusão da primeira parcela do encargo da CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) Covid. Por fim, há impactos decorrentes da alta do IGP-M, índice de inflação utilizado para atualização da Parcela B, conforme contrato de concessão.

Esses fatores de elevação foram compensados por alguns elementos que mitigaram o reajuste tarifário final. Tivemos a reversão total do aporte recebido da conta-covid em 2020  , além da antecipação da redução de custos de transmissão e de compra de energia da Usina de Itaipu a serem incorridas pela CPFL Paulista nos próximos 12 meses. Adicionalmente, a própria CPFL Paulista propôs à ANEEL a devolução antecipada das receitas de ultrapassagem de demanda e de excedentes de reativos, bem como postergação de parte do efeito médio tarifário até o processo tarifário de 2022, procurando dessa forma minimizar o reajuste para seus consumidores nesse atual momento desafiador da pandemia COVID-19. 

Uma comparação dos últimos dez anos mostra que a tarifa de energia residencial da CPFL Paulista teve reajustes abaixo da inflação acumulada no período. A tarifa residencial variou cerca de 32% abaixo da variação do IGP-M (Índice Geral de Preço – Mercado) no mesmo período, mesmo considerando o reajuste aprovado hoje.  

Condições de Pagamento e parcelamento: 

Para contribuir com seus clientes, a CPFL Paulista disponibiliza  diversas formas de pagamento, como:  pagamento pelo PIX (www.cpfl.com.br/pix), pagamento via auxílio emergencial e via cartão de crédito.

Os clientes que estiverem com uma ou mais contas em atraso podem pagar e parcelar o débito em aberto em até doze vezes nos cartões de crédito Mastercard e Visa e no boleto. Essa condição é exclusiva para pagamentos via canais digitais e é válida para um valor entre R$ 150 a R$ 18 mil. Acesse www.cpfl.com.br/parcelar. 

Dicas para Economizar Energia: 

Geladeiras

1. Instalar a geladeira em local bem ventilado, desencostada de paredes ou móveis, longe de raios solares e fontes de calor, como fogões e estufas;

2. Nunca utilizar a parte traseira da geladeira para secar panos, roupas ou tênis;

3. Nunca colocar alimentos quentes na geladeira;

4. Não forrar as prateleiras da geladeira;

5. Não deixar a porta da geladeira aberta por muito tempo e não se esquecer de manter as borrachas de vedação da porta em bom estado.

Ar-condicionado

6. Quando o uso do ar condicionado for inevitável, o ideal é utilizá-lo da melhor maneira possível, evitando a utilização por longos períodos e com temperaturas muito baixas;

8. Priorize a compra de aparelhos de ar-condicionado com a tecnologia inverter, cujos motores são mais eficientes e econômicos;

9. Manter os filtros do ar limpos também é uma ótima iniciativa de economia, já que assim o motor não se esforçará mais que o ideal;

10. Sempre mantenha os ambientes bem arejados. Abrir cortinas e janelas ajuda na ventilação e reduz a necessidade de ar-condicionado e ventiladores.

Chuveiros elétricos

11. Nos dias quentes, colocar o chuveiro na posição "verão" (o consumo será cerca de 30% menor);

12. Limpar periodicamente os orifícios de saída de água do chuveiro;

13. Tomar banhos mais rápidos e desligar a torneira ao se ensaboar;

14. Nunca reaproveitar uma resistência queimada;

15. Uma boa opção também são os aquecedores solares para água, que, cada vez mais, possuem preços atrativos e demandam baixa manutenção.​


Tags:
    Reajuste Tarifário; CPFL Paulista; Conta de Energia; Tarifa;