Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

Release

CPFL Piratininga investe R$ 78 mil no atendimento ao cliente e na rede elétrica de Alumínio

Escrito por:

Assessoria de Imprensa   07/09/2015


Campinas, 8 de setembro - Alumínio está no foco de investimentos da CPFL Piratininga. A empresa aportou mais de R$ 78 mil em substituição de transformador e nas redes elétricas primaria e secundária. Essas manutenções realizadas de forma preventiva visam não somente a melhoria da qualidade dos serviços, como também robustecer o sistema para enfrentar os possíveis temporais do verão que se aproxima. As manutenções feitas em regime de desligamento programado, quando os clientes são avisados por correspondência da falta de energia para realização dos trabalhos, são uma forma da empresa aumentar a confiabilidade do sistema, tornando a rede menos suscetível a interferências externas.

Além dos trabalhos na rede elétrica, a empresa também priorizou, em seus investimentos, o atendimento aos clientes. Dessa forma, o morador de Alumínio deve perceber uma maior agilidade das equipes da CPFL no acolhimento dos pedidos de primeira ligação e religação de energia. É importante destacar que cerca de 2/3 do tempo em que falta energia corresponde a interrupções emergenciais, provocadas por fatores externos ao sistema elétrico, como os temporais (com quedas de árvores), colisões de veículos contra postes e objetos que atingem a rede – pipas, balões e galhos de árvores, além de furtos de cabos. O outro terço corresponde a desligamentos programados, informados previamente aos clientes, e organizados para que a empresa possa executar obras de melhoria na rede elétrica.

No primeiro semestre de 2015, a CPFL Piratininga investiu R$ 82,5 milhões nos 27 municípios de sua área de concessão no interior de São Paulo e Baixada Santista, crescimento de 8,7% em relação aos R$ 75,9 milhões aportados pela companhia em igual período de 2014. 

Índices de qualidade no fornecimento de energia elétrica

A CPFL Piratininga tem um dos menores índices de duração (DEC) e frequência (FEC) de interrupções de fornecimento de energia do Brasil entre as grandes distribuidoras, segundo o ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O DEC, índice que representa a média do tempo que o cliente da CPFL Piratininga ficou sem energia durante o período de um ano, foi de 6,98 horas em 2014 (6,80 até junho de 2015), enquanto o FEC, índice que mede a frequência de interrupções no fornecimento, em média, por cliente, foi de 4,19 vezes em 2014. A média brasileira, em 2014, foi de um DEC de 14,58 horas e um FEC de 11,77 vezes.

Contato com a empresa também é feito pelo celular ou pela internet

O acesso do cliente da CPFL Piratininga é facilitado pelo serviço gratuito de atendimento, por mensagens via celular, smartphone e também e-mail. No caso de desligamento, o aviso via celular é simples. O cliente precisa digitar o seu código de cliente – que consta na conta de energia elétrica – e enviar para o número 27304. A central identifica se há falta de energia no imóvel e responde com a previsão para o restabelecimento. Se o cliente solicitar o cadastramento de seu celular, ele recebe o comunicado automaticamente sempre que houver um desligamento.

Canais de atendimento ao cliente CPFL Piratininga:

Web mobile: www.cpfl.com.br (acesso via smartphone) 
Site: www.cpfl.com.br
SMS: enviar para 27304 (em casos de falta de energia, o cliente envia seu código de consumidor para este número e recebe também via SMS a previsão de restabelecimento)
E-mail: piratininga@cpfl.com.br
Contact Center: 0800 0 10 25 70 (ligação gratuita)
Agências de atendimento presencial
Tags:
    CPFL Piratininga; Alumínio; Investimento