Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
SharePoint

 Nossa Atuação

Com o objetivo de conhecer melhor a tecnologia de geração fotovoltaica, a CPFL Energia é a executora de um dos projetos que foram selecionados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) como parte da chamada pública do Projeto de P&D Estratégico nº 13/2011. A CPFL Renováveis, subsidiária do Grupo CPFL, foi a responsável pela construção do empreendimento que levou quatro meses e será a responsável pela gestão e operação da Usina. O projeto envolveu a construção da central fotovoltaica de Tanquinho (Usina Solar Tanquinho), com capacidade para a produção de 1,1 MWp, instalada na subestação de Tanquinho, em Campinas.

Inaugurada em 27 de novembro de 2012, a usina demandou investimentos estimados em R$ 13,8 milhões. Trata-se de um projeto-piloto que permitirá à companhia testar diferentes tipos de painéis, de forma a avaliar as tecnologias disponíveis, abrangendo os tradicionais painéis de silício mono e poli cristalinos e alternativas consideradas ainda promessas, como os “filmes finos” - silício amorfo microcristalino, telureto de cádmio e Cobre-Índio-Gálio-Selênio (CIGS) -, que tem sido utilizados em países com condições climáticas semelhantes ao Brasil. Outro ponto a ser considerado nos testes é a integração da energia solar com a energia eólica.