Mode:  
quarta-feira, 16 de abril de 2014

  Busca


 
 

 
 

Atividade Física e Alimentação

Alimentação balanceada e atividade física caminham sempre juntas. É importante que exista um equilíbrio entre ambas para que sejam conquistados os objetivos pretendidos, como perda de peso, ganho de massa muscular e manutenção do peso corporal. Não adianta treinarmos todos os dias e ingerirmos mais calorias do que gastamos se o nosso objetivo for o emagrecimento. O ponteiro da balança continuará subindo se não controlarmos a alimentação.
Segue abaixo respostas às dúvidas mais frequentes sobre este assunto:

 

1. Treinar em jejum ajuda a perder peso?
Cuidado! O seu corpo precisa de combustível para funcionar de maneira eficiente. O principal combustível do nosso organismo é o carboidrato, encontrado em pães, frutas, massas, açúcares etc. O carboidrato dentro do nosso organismo é transformado em glicose, que por sua vez, fornece energia às células. Se não nos alimentarmos antes da atividade nosso organismo utilizará energia de outros substratos. Na falta de carboidratos, são utilizadas proteínas para obtenção de glicose. Mas de onde nosso organismo conseguirá proteínas de estamos em jejum? Dos músculos! Ou seja, ao contrário do que muitos pensam, nosso corpo não queimará mais gordura durante o exercício se estivermos em jejum e sim, nossos músculos, também chamados de massa magra. Perder musculatura só prejudicará o desempenho e ainda tornará o metabolismo mais lento. Por isso, realize uma refeição leve antes da atividade física. Além disso, o treino em jejum pode causar tonturas e até desmaios em situações extremas.

 

2. Quais alimentos devo ingerir antes de treinar?
Cerca de 30 minutos antes do início da atividade realize uma refeição leve. Inclua nesta refeição alimentos fontes de carboidratos conforme sugestões abaixo:

- sanduíche de pão integral com queijo branco e peito de peru
- iogurte com cereais (ex: granola)
- banana com aveia
- um copo de suco de fruta e torradas ou biscoitos integrais
- uma fruta e barrinha de cereal

 

3. Como deve ser minha alimentação após o treino?
A refeição que realizamos após o treino é importante para a recuperação do nosso organismo do desgaste sofrido. Ela deve conter carboidratos e proteínas para que ele recupere a musculatura e os estoques de energia gastos durante a atividade. Tente realizar esta refeição até 30 minutos após o término da atividade.

 

4. Devo me hidratar com água ou isotônico?

Cerca de 70% de nosso corpo é composto por água. Por isso, a ingestão de líquidos ao longo do dia é essencial, principalmente durante os períodos de calor intenso. Uma boa hidratação melhora a disposição, evita câimbras, melhora a coordenação e evita distúrbios intestinais. Carregue sempre com você uma garrafinha e beba pequenas quantidades a cada 10 ou 15 minutos.

Quando praticamos atividades físicas a importância da hidratação aumenta: beba líquidos antes, durante e depois da prática de exercícios. Isso aumenta o desempenho, ajuda na regulação da temperatura corporal, além de manter o fluxo sanguíneo para os tecidos.
Os isotônicos contem certa quantidade de carboidratos e sais minerais que ajudam na reposição de líquidos, além de serem de rápida absorção. Mas eles são recomendados somente para praticantes de atividades intensas que tenham duração superior a 1 hora. Para atividades com tempo inferior, recomenda-se apenas água. 

 

Lembre-se: Quando sentimos sede é porque já estamos em processo de desidratação!

 

Dica: a água de coco é uma ótima bebida hidratante. É natural e não contém acidulantes e conservantes. 

 CINEMAS
 TEATROS
 PASSEIOS

 
  
 

 

Página Inicial : O Programa : Alimentação : Atividades Físicas : Lazer e Cultura : Dicas e Artigos : Vá e Volte